Luiz Carlos Felippe. Foto: divulgação

A Sonda América Latina comprou a paulista Elucid, especializada em TI para companhias de distribuição, transmissão e geração de energia, saneamento e gás com faturamento de R$ 123 milhões em 2011.

A compradora não divulga o valor da aquisição, mas afirma que faz parte de seu plano de investimento de US$ 500 milhões para o período de 2010 a 2012, que já foi marcado por oito aquisições, das quais esta foi a quinta no Brasil.

Com a Elucid, a Sonda adquire uma carteira de cerca de 60 clientes que inclui 25% das distribuidoras de energia elétrica do Brasil, cobrindo mais de 35% do território nacional.

Por meio do sistema de gestão de faturamento e arrecadação da empresa, clientes como Eletrobrás, Rede Energia, Elektro, CPFL, Copel e Celesc processam aproximadamente R$ 50 bilhões por ano.

“Com a compra, reforçaremos a operação no Brasil, maior mercado da região", destaca Raúl Véjar, gerente geral da Sonda América Latina. "Também ampliaremos a oferta como maior provedor de soluções para o setor público”, completa Luiz Carlos Felippe, do Conselho de Administração da Sonda.

Já o presidente da Elucid, Michael C. Wimert Júnior, ressalta que, hoje, o mercado mais maduro para a companhia é o de distribuição de energia, mas que em geração e transmissão de energia, saneamento e gás, a maioria das empresas ainda usa sistemas legados.

“Com a entrada para o grupo Sonda, a meta é intensificar a presença nesses setores ainda incipientes, que passarão a demandar por tecnologias mais robustas e, com isso, liderar também esses nichos”, explica Wimert.

No Brasil há 20 anos, a Sonda tem seis mil colaboradores e atende a mais de 1,2 mil clientes ativos distribuídos por 31 escritórios locais focados em serviços de TI, plataformas e aplicativos.

A empresa foi fundada no Chile em 1974 e é, segundo dados próprios, a maior companhia latino-americana de soluções e serviços de TI, estando presente em dez países.

Ao todo, a estrutura reúne mais de 12 mil colaboradores distribuídos em 62 escritórios, com uma carteira formada por cinco mil clientes.