FINTECH

PagSeguro vai comprar o Banco BV?

08/07/2021 16:13

Fontes do Brazil Journal e do Valor Econômico confirmam negócio bilionário. A empresa nega.

Débito ou crédito? Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A PagSeguro, empresa de máquinas de cartão do grupo UOL, estaria em negociações finais para comprar o Banco BV, antigo Banco Votorantim, por cerca de R$ 16 bilhões, afirmaram duas fontes do Brazil Journal.

O JP Morgan estaria estruturando o financiamento para a PagSeguro, enquanto os vendedores estariam sendo assessorados pela Goldman Sachs.

Fundado em 1991, o BV pertence ao Banco do Brasil e à família Ermírio de Moraes. Na negociação reportada, o primeiro seria pago em dinheiro e o segundo receberia uma parte em ações da PagSeguro.

O banco tem um patrimônio líquido de R$ 11 bilhões e cerca de R$ 20 bilhões em linhas interbancárias que são dadas e renovadas com base na percepção de crédito da instituição e de seu acionista controlador.

No ranking do Banco Central, ele é o quinto maior banco privado do Brasil e atua nos segmentos de crédito e financiamento para pessoas, corporate & investment banking, asset management e private bank.  

O destaque fica com o financiamento de automóveis, segmento no qual a instituição é dona de uma das maiores carteiras do país. De acordo com a publicação, o ativo já se revelou problemático para a maioria dos bancos que operam no segmento.

Duas fontes a par do assunto confirmaram as negociações ao Valor Econômico, acrescentando que há uma série de questões a serem superadas para que o negócio seja fechado e as conversas ainda devem levar algumas semanas.

Uma dessas pessoas afirmou que R$ 16 bilhões é o valor de referência do BV apresentado a investidores nas conversas para o IPO do banco, que não saiu do papel. O preço da aquisição, porém, ainda não estaria definido.

Depois que as informações foram publicadas no Brazil Journal, a ação da PagSeguro caiu mais de 15% em Nova York. No início da tarde desta quinta-feira, 8, a empresa negou que esteja negociando a compra do BV.

Procurados pelo Valor, Banco do Brasil e BV não comentaram o assunto.

A PagSeguro foi criada pelo empresário Luiz Frias, um dos herdeiros da Folha de São Paulo. Em 2006, ele viu o tráfego do UOL como uma oportunidade para criar um negócio de maquininhas que hoje vale cerca de US$ 18 bilhões.

Veja também

FARMÁCIAS
Procon-SP notifica Drogasil sobre biometria

Após questionamentos, o grupo desistiu de exigir impressão digital para descontos. 

ACELERANDO
Faça transformação digital com a estratégia de nuvem em todos os lugares

HPE permite eliminar a complexidade e os silos em nuvens públicas e privadas.

INTERNAS
CEO da IBM fala sobre drama dos e-mails

Ficar sem e-mail não é tão ruim assim: IBM só perdeu um negócio de US$ 10 mil.

LEVOU
Tivit compra Lambda3

Empresa tem 120 funcionários e foco em desenvolvimento ágil de software.

FIM
Pentágono cancela vitória da Microsoft

Nova licitação de nuvem será feita dividindo contrato de US$ 10 bi entre AWS e Azure.

SOFTWARE
Encora compra Daitan

Empresa tem 500 funcionários em Campinas e faturou US$ 34 milhões em 2019.