FINTECH

Lojas Americanas compra Bit Capital

09/12/2020 10:17

Startup investida pela Gávea Angels possui uma plataforma de open banking baseada em blockchain.

Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Ame Digital, braço financeiro da Lojas Americanas, anunciou a aquisição da Bit Capital, plataforma paulistana de open banking baseada em blockchain.

O valor da transação não foi informado pelas empresas.

A Bit Capital foi criada em 2017 pelos empreendedores Ricardo Guimaraes Filho, João Marcelo Brito e Luis Eduardo Brito para oferecer uma plataforma bancária como serviço digital à qual as empresas podem se conectar para oferecer serviços financeiros, criando seus próprios produtos. 

Através de uma API aberta e modular, elas podem desenvolver seu modelo de negócios sem iniciar do zero. Todos os ativos são tokenizados e todas as transações registradas e processadas no blockchain Stellar.

A startup havia sido investida pela Gávea Angels em junho deste ano, com um aporte que também não teve o valor revelado e, em novembro, concluiu o processo de entrada no PIX.

“No caso da Bit Capital, estamos seguros de que a experiência de nossos associados foi relevante para o desenvolvimento da startup e a realização dessa transação”, afirma Jorge Rocha, presidente da Gávea Angels.

Criada em 2002 no Rio de Janeiro, a Gávea Angels foi a primeira associação de investidores anjo da América Latina e avançou para São Paulo e Belo Horizonte há menos de três anos.

Hoje, a atuação se estende por todo o país com 90 associados, 26 investidas, que ficam até cinco anos no portfólio de seus associados, e inúmeros parceiros no ecossistema de startups.

Além da Bit Capital, que agora fecha seu ciclo com a saída, a Gávea Angels aportou recentemente mais de R$ 6 milhões nas startups Back4App, Congresse.me, Folha Certa, GeekHunter, Home Agent, InstaCasa, Previsiown e Tevec.

Já a Ame foi criada em 2018 como uma conta digital da B2W, dona das marcas Submarino e Americanas.com. Só a Americanas conta com mais de 1,7 mil lojas, está presente em mais de 700 cidades, em todos os estados brasileiros, e conta com um time de mais de 25 mil associados.

Veja também

IDEIAS
Como usar planejamento de cenários no mundo pós-Covid?

A Prophix ouviu especialistas no mundo inteiro para encontrar respostas para essa a pergunta.

BAIXO CUSTO
Inovação Frugal: Brasil ainda é aluno, quando poderia ser o professor

Com um cenário macroeconômico e campo tão árido, por qual motivo não vemos cases tão expressivos no país?

SEM RESGATE
Hackers vazam dados da Embraer na dark web

Ataque de ransomware teria sido provocado pelo RansomExx, mesmo grupo que atingiu o STJ.

ROSTOS
Gateware compra startup de biometria

Mercado de reconhecimento facial está em alta e agora tem novo competidor.

CELULARES
Trocafone levanta R$ 30 milhões

Sétima rodada de investimentos contou com os fundos Barn Investimentos, Bulb Capital e Wayra.

CONSTRUÇÃO
Governo faz nova mega compra de nuvem

Brasília dá mais um passo na reformulação da infra de TI do governo.

SAQUE
Stefanini compra softwares da Diebold Nixdorf

Negócio é o maior em cinco anos na empresa e reforça a oferta na área financeira.

IMÓVEIS
Vivalisto migra plataforma para IBM Cloud

Empresa aderiu ao programa global Startup With IBM e espera crescer 110% em 2020.

MARKETPLACES
Olist compra Clickspace

Depois de receber R$ 310 milhões do Softbank, a empresa planeja estratégia agressiva de aquisições.

CANOS
BRK usa ServiceNow na TI

Projeto na maior empresa privada de saneamento básico do Brasil é da Organize.