VAREJO

Stefanini compra Mozaiko

10/02/2020 17:09

Startup tem soluções como software de analytics e etiquetas de RFID.

Guilherme Stefanini, diretor de novos negócios e responsável pela Stefanini Ventures. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Stefanini, gigante brasileira de serviços de TI, anunciou a aquisição da Mozaiko, startup de analytics que integra dados em tempo real e utiliza inteligência artificial em processos do varejo.

O valor da transação não foi divulgado.

Fundada em 2013, a Mozaiko é de Santana do Parnaíba, São Paulo, e está presente nas principais regiões brasileiras, na América Latina e nos Estados Unidos.

A startup provê soluções como o software de analytics e o equipamento e etiquetas de RFID, que podem ser implementados ao longo da cadeia de supply chain, da fábrica à loja.

Uma das aplicações nas lojas é dentro do provador de roupas, permitindo que o cliente, por meio de um toque no painel touch screen, solicite que o atendente da loja leve a peça desejada.

Além disso, a ferramenta oferece, ainda dentro da cabine, sugestões complementares de outras confecções ou produtos, de acordo com o estilo do consumidor.

Entre os clientes que já realizaram experiências com os provadores inteligentes da Mozaiko, estão a Hering e a marca Loft Life Style, do Grupo Via Veneto.

Segundo a Stefanini, o objetivo da compra é agregar mais valor aos negócios associados à gestão de inventários para processos de supply chain, controle de ativos e inteligência operacional para reduzir custos e ampliar receitas.

“É uma forma de dar ainda mais impulso para esse mercado em ebulição, dentro e fora do Brasil, que precisa levar ao consumidor as evoluções que auxiliam na experiência de todos os envolvidos”, ressalta George Millard, CEO da Mozaiko.

Com essa movimentação, a Stefanini afirma expandir sua expertise no setor e ampliar sua oferta de softwares para realizar missões críticas para toda a cadeia de suprimentos do segmento varejista, operadores logísticos e indústria.

De acordo com a empresa, a tecnologia dos equipamentos e toda a inteligência artificial da Mozaiko é facilmente integrada a diversos tipos de ERPs, AWS e outros sistemas, unindo-se ao portfólio de soluções digitais da multinacional brasileira.

“Estamos muito confiantes nesse novo investimento, uma vez que as soluções da Mozaiko poderão agregar mais valor ao negócio de nossos clientes”, afirma Guilherme Stefanini, diretor de novos negócios e responsável pela Stefanini Ventures.

A aquisição da Mozaiko faz parte dos investimentos que a Stefanini tem feito em empresas para integrar a Stefanini Ventures. 

No início do ano passado, a companhia adquiriu a Intelligenti, startup voltada para o ramo jurídico que conta com recursos de inteligência artificial.

Em 2018, comprou a empresa Estatística Segura, voltada para analytics, e a Magma, startup especializada em tecnologia da informação para o segmento de saúde.

A Stefanini fechou o ano de 2018 com um faturamento de R$ 3 bilhões, uma alta de 7% frente aos resultados do ano anterior.

O faturamento do ano passado ainda não foi divulgado, mas a empresa afirma que a receita do Grupo Stefanini oriunda das ofertas digitais cresceu 35% no período, sendo que a Stefanini Ventures teve uma grande representatividade no resultado.

Nos últimos quatro anos, as ventures tiveram um crescimento equivalente a nove vezes do faturamento inicial. A expectativa é atingir 20 vezes em seis anos, ou seja, até o final de 2021.

Presente em 41 países, a Stefanini divide seus negócios em Brasil, Estados Unidos/Ásia e Europa.

Veja também

EXCLUSIVO
Thomson Reuters tem novo head de talentos

Nilson Nascimento, ex-Renault e Nissan, lidera área na América Latina.

RESULTADO
Saque e Pague cresce 30%

Fintech gaúcha atingiu um faturamento de R$ 120 milhões em 2019.

CONTROLE
Polícia Federal tem projeto com Stefanini

Solução integrada com a Receita busca coibir o desvio de produtos químicos.

EQUIPE
Olé Consignado tem projeto com Orbitall

A companhia entregou a plataforma Trilha para acompanhar o desempenho das equipes e engajar os colaboradores. 

ANALYTICS
VR Benefícios adota solução Dynatrace

A Stefanini Scala foi resposável pela implementação.

PRÊMIO
Bradesco lidera ranking de inovação no uso de TI

Em 2019, foram recebidas 197 inscrições para o prêmio.

DINHEIRO
Brink’s transforma caixa de loja em ATM

Empresas de carros forte buscam novas maneiras de fazer dinheiro girar. 

ONLINE
Wipro fez plataforma digital da Febraban

Está no ar a primeira fase da Noomis, uma iniciativa de conteúdo dos bancos brasileiros.

ENTERPRISE
Stefanini vende Apple no corporativo

Até agora, só Fast Shop, iPlace, IBM e PromonLogicalis atendiam o segmento.

DADOS
Parceira da Tableau, Lovedata abre no RS

Tableau está em alta depois de ter sido comprada por US$ 15,7 bilhões pela SalesForce.