por XTPG
TENDÊNCIA

Transformação Digital é aposta dos gestores de Tesouraria

10/05/2022 12:28

Segundo o Gartner, a tecnologia deve acelerar muito o trabalho no setor financeiro.

Thierry Giraud, CEO XTPG.

Tamanho da fonte: -A+A

A transformação digital está modificando, constantemente, diversos setores e departamentos das empresas, seja na área comercial, administrativa ou financeira. Cada vez mais o mercado está em busca de tecnologias que automatizem processos de uma organização, reduza custos e facilite a tomada de decisão.

Segundo o relatório do Gartner, um software de tesouraria pode diminuir cerca de 20% do tempo gasto para finalizar uma etapa de trabalho. A pesquisa também mostra que 66% dos CFOs (Chief Financial Officer) no mundo percebem que há uma dificuldade, por parte do departamento financeiro, para utilizar softwares que facilitem os processos, atividades e leitura de dados (Big Data Finance).

Nesse contexto a tecnologia e a integração entre as várias soluções tecnológicas são essenciais para a digitalização da área de tesouraria das corporações. 

De acordo com Thierry Giraud, sócio da XTPG, empresa francesa especializada em software de gestão de tesouraria e há mais de 30 anos presente no Brasil, “as empresas precisam conhecer a sua tesouraria mais profundamente e tomar decisões mais precisas e inteligentes, mas para isso, é necessário investir em tecnologias que unam a simplicidade do uso ao complexo universo de algoritmos de inteligência artificial”.

Thierry, que já implementou soluções de tecnologia para tesouraria em mais de 350 grupos empresariais, como Vale, FIAT, Globo, Carrefour e Azul Linhas Aéreas, reforça que “as equipes de tesouraria têm a oportunidade de efetivamente exercer um papel estratégico dentro da organização, com a adoção de plataformas intensamente orientadas a dados (data-driven), não apenas com ferramentas para descrever ou diagnosticar como o passado se comportou, mas também incorporando ao seu processo de tomada de decisão análises preditivas e prescritivas”.

Mercado global comprova crescimento na busca por solução de tecnologia

A procura por uma gestão automatizada está em alta, segundo dados do IDC, a previsão de gastos com inteligência artificial (IA), incluindo software, hardware e serviços, suba em 19,6% em 2022 comparado ao ano anterior, com previsão de ultrapassar em 2023 a marca de US$ 500 bilhões. Nessa projeção a XTPG acredita que ocorrerá um crescimento de 15% na quantidade de clientes que estão em busca de uma solução de tesouraria, aumentando em cerca de 20% o faturamento da empresa para este ano. Giraud conclui, “o mercado está em expansão”.

XTPG

A XTPG, antiga XRT, com mais de 30 anos de mercado, nasceu na França com a proposta de apresentar um software de tesouraria para auxiliar a gestão de caixa, planejamento de liquidez, operações e gestão de risco, entre outras necessidades da área financeira corporativa de grandes e médias empresas. 

Em 1996 chegou ao Brasil, após ampla expansão na Ásia e América. Em 2008, com o sucesso de sua solução e com os resultados gerados, a XRT chamou a atenção do grupo britânico SAGE – terceiro maior fornecedor de softwares no mundo – que adquiriu suas operações no mesmo ano. 

Em 2017, o grupo SAGE decidiu encerrar suas atividades no território brasileiro, colocando a operação LATAM da XRT à venda. A sua aquisição foi realizada pelo então presidente da organização, o francês Thierry Giraud, que desde 2004 está à frente da operação, tornando-se acionista majoritário. 

Com a volta para o domínio francês, a empresa decidiu impulsionar ainda mais seu software de gestão de tesouraria no mercado brasileiro e desenvolveu novas soluções. Com isso, a mudança da imagem para XTPG apresenta claramente o novo momento em que o grupo se encontra. Um momento de total transformação com foco em dados e inovação para atender o mercado financeiro.