A Tivit afirma que já identificou a origem do acesso não autorizado a arquivos da companhia. Foto: Divulgação.

A Tivit teve um acesso não autorizado a arquivos da companhia. De acordo com fontes da Security Report, a ação resultou em um vazamento das credenciais de acesso de clientes como Braskem, Banco Original, Zurich, Votorantim, Sebrae, SAP, Brookfield Energia, entre outros.

Segundo a publicação, o vazamento envolveu um arquivo que contém informações de credenciais de grandes empresas, como nome, usuário e senha de diversos clientes que fecharam contrato de serviços de TI com a Tivit.

Procurada, a empresa afirma que tomou todas as medidas necessárias para garantir a segurança das informações assim que detectou o problema. 

"Vale destacar que a empresa já identificou a origem do ocorrido e a equipe de Segurança da Informação está conduzindo uma investigação detalhada, a qual indica que não houve nenhum tipo de invasão aos data centers da empresa, das redes de acesso da Tivit ou de nossos clientes”, completa a empresa, em nota ao Baguete.

Em comunicado enviado a clientes, a Tivit detalha que houve acesso não autorizado a arquivos, e-mails e senhas de nove funcionários da companhia.

O Banco Original, um dos clientes da Tivit que teve as credenciais de acesso expostas no arquivo vazado, enviou um comunicado à Security Report informando que "não houve qualquer vazamento de dados de seus clientes”.

 

*Atualizada às 13h40min com informações sobre a nota enviada a clientes.

*Atualizada às 18h20min com informações sobre o Banco Original.