De viagem em viagem, o Uber fatura quase um bilhão de dólares no país. Foto: Pixabay.

O Uber faturou US$ 959 milhões no Brasil no ano passado, uma alta de 15% frente aos resultados do ano anterior e um valor total que transforma o país no segundo maior mercado mundial do aplicativo de transporte, com 8,5% da receita global da empresa.

A revelação faz parte do relatório entregue pelo Uber à Security and Exchange Comission (SEC), equivalente à CVM dos Estados Unidos, como parte das movimentações preliminares à aguardada abertura de capital da empresa.

É a primeira vez que é divulgado um valor oficial sobre o tamanho no Uber no país, com dados de faturamento de 2016, 2017 e 2018. 

O maior salto de faturamento entre os dados disponíveis foi em 2017, quando a companhia faturou US$ 831 milhões, 3,5 vezes e meia mais do que no ano anterior.

São Paulo tem um peso acima da média nos resultados. De acordo com o relatório, a capital paulista, junto com Los Angeles, Nova Iorque, São Francisco e Londres é responsável por 24% da receita total da companhia.

O IPO do Uber vai ser enorme: segundo a imprensa americana, a empresa visa levantar até US$ 100 bilhões.