RECRUTAMENTO

VTEX compra Guava

12/08/2021 17:05

Aquisição é no modelo acqui-hiring, focada em contratar os funcionários da recifense.

Os cerca de 20 profissionais da Guava serão incorporados à estrutura de produto da VTEX. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A VTEX, maior empresa brasileira de plataforma de e-commerce, acaba de anunciar a aquisição da Guava, estúdio de desenvolvimento de software de Recife, em um acordo conhecido como acqui-hiring, quando uma companhia compra outra para contratar seus funcionários.

Fundada em 2011, a Guava se especializou em produtos digitais para a web, desde a concepção, passando pelo design e desenvolvimento até a implantação. Rapidamente, expandiu sua atuação para os Estados Unidos e Europa, com mais de 30 clientes em diversos setores da economia.

A maior parte do trabalho realizado foram soluções B2B, com projetos para variadas indústrias: desde a venda de lingerie customizada, passando pelo mercado livre de energia para indústrias e grandes consumidores, até planos de assinatura para fornecimento de comida para cachorro.

"Desde que a VTEX nos procurou para fazer um primeiro projeto, temos acompanhado a sua trajetória. Conforme fomos conversando sobre a parceria, ficamos cada vez mais encantados com a cultura, o pessoal e a missão de produzir software de nível global a partir da América Latina”, conta Guilherme Carvalho, cofundador da Guava.

Com a aquisição, a companhia inaugura sua primeira operação na capital pernambucana e a segunda na Região Nordeste, onde também está presente em João Pessoa.

"Além de reforçar a presença da VTEX em uma região reconhecida como um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil, a aquisição da Guava representa uma oportunidade estratégica de incorporar profissionais alinhados com nossos valores, cultura e alto rigor técnico, capazes de enfrentar desafios complexos, e alinhados com o nosso futuro declarado", afirma Gabriel Carvalho, gerente de recrutamento na VTEX.

Os cerca de 20 profissionais da Guava, entre eles designers, engenheiros de software e gerentes de produto, serão incorporados à estrutura de produto da VTEX e terão como principal atribuição a progressão em escala do novo Store Framework, ferramenta de criação de lojas rápidas da companhia.

A equipe de design, por exemplo, será responsável por garantir que a experiência de construir uma loja seja mais fluida tanto para usuários técnicos, através do VTEX IO, plataforma de desenvolvimento low-code nativa da empresa, como para usuários com foco em negócios através do editor de sites da plataforma.

A VTEX está embalada. No ano passado, a companhia captou US$ 225 milhões em rodada série C com valuation de US$ 1,7 bilhão, o que transformou a empresa em um unicórnio. Em 2021, esta é a sua terceira aquisição.

Em maio, a companhia comprou a Workarea, americana especializada em comércio na nuvem, e, em junho a Suiteshare, startup gaúcha que criou uma ferramenta de vendas pelo WhatsApp.

Segundo o relatório IDC Worldwide Digital Commerce 2019 Market Share, a VTEX é a plataforma de e-commerce que mais cresce no mundo, com um aumento de faturamento de 44,1%, quase quatro vezes a média mundial de 13,2% no segmento.

O estudo ainda elegeu a companhia como uma das plataformas líderes do B2C, junto com nomes como Salesforce e Adobe e à frente de gigantes como SAP e Oracle.

Hoje, a empresa conta com 2,5 mil clientes em 32 países. A lista inclui nomes como Boticário, Whirlpool, Electrolux, Sony, Walmart, L´Oréal, Coca-Cola, Nestlé, Motorola, Samsung e Black&Decker.

Veja também

DIGITAL
RNI vende imóveis 100% on-line

Incorporadora investiu R$ 1 milhão em solução de e-commerce da Accurate Software.

E-COMMERCE
Infracommerce compra Tatix por R$ 124 mi

Esta é a segunda aquisição na companhia depois do IPO. Adquirida opera no mesmo segmento.

PAINÉIS
Brookfield compra Aldo Solar

Empresa vendeu um terço de todos os geradores que estão nos telhados do Brasil.

PAGAMENTOS
Aliexpress agora aceita PIX

Gigante chinesa é o primeiro marketplace internacional a aderir ao serviço.

E-COMMERCE
Ramatis Rodrigues agora é sócio da Shopper

O executivo vem da Linx e já passou por cadeiras C-level em empresas como Carrefour e Via Varejo.

PEDALANDO
Totvs: receita líquida cresce 21,7%

Empresa fatura R$ 763,3 milhões no segundo trimestre e aumenta o ritmo.