TRI

Feevale tem aproximação com Porto Alegre

14/06/2022 08:54

Reunião do reitor com prefeito da capital gaúcha abre portas para projetos.

Prodanov e Melo. Foto: Caroline Souza/Universidade Feevale

Tamanho da fonte: -A+A

O reitor da Feevale, Cleber Prodanov, esteve reunido na semana passada com o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), em um encontro que deve abrir portas para a universidade de Novo Hamburgo, na região metropolitana, ter ainda mais presença na capital.

A reunião, que teve também a participação de três secretários, deixou algumas possibilidades em aberto.

Entre as ações propostas pela Feevale está um projeto que tem como objetivo estruturar um processo de disseminação do uso de tecnologias e empreendedorismo nas escolas municipais de Porto Alegre, uma possibilidade trazida pelo lado da universidade.

Melo, por sua vez, propôs a criação de um game para auxiliar no programa de boas práticas de gestão (a Feevale tem um curso de destaque na área de jogos digitais).

Independentemente dos resultados práticos, que devem vir mais a médio prazo, o encontro de Prodanov com Melo é mais um passo numa jornada de aproximação da Feevale com Porto Alegre.

O embrião da Feevale nasceu em 1969, mas a instituição só começou sua atuação como centro universitário em 20 anos depois, concentrando sua atuação nas cidades da região Novo Hamburgo, um polo econômico importante no Rio Grande do Sul, distante 47 quilômetros de Porto Alegre.

Desde que a Feevale adquiriu o status de universidade em 2010, a instituição vem ampliando seus horizontes. 

Um marco da nova estratégia foi a inauguração no final de 2019 do Hub One Porto Alegre, uma operação do parque tecnológico da universidade instalada em um prédio de sete andares com espaço para startups, empresas e cursos de graduação, pós-graduação e in company.

Em janeiro, a Feevale fez outra movimentação importante ao passar a integrar o Pacto Alegre, uma iniciativa de alta visibilidade da PUC-RS, UFRGS e Unisinos que visa promover o ecossistema de inovação na capital gaúcha.

PUC-RS e UFRGS costumavam ser as forças dominantes do ensino superior em Porto Alegre, um grupo ao qual se acrescentou a Unisinos em 2016, com um campus na capital. Fundada em São Leopoldo, cidade vizinha de Novo Hamburgo, a Unisinos fez um movimento similar ao da Feevale.

“Queremos compartilhar conhecimento e soluções inovadoras, contribuindo, de forma significativa, para a transformação de ideias em negócios”,  afirma Prodanov.

O reitor da Feevale é diretamente engajado no assunto inovação, no qual atua desde os anos 90. Prodanov foi presidente do parque tecnológico da instituição, pró-reitor de Inovação e secretário de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul entre 2011 e 2015, durante o governo Tarso Genro (PT).

Veja também

INOVAÇÃO
Feevale assina convênio com Instituto Caldeira

Parque Tecnológico da universidade busca se estabelecer de forma mais sólida em Porto Alegre.

MAPA
RS: 75% das startups estão na região de Porto Alegre

Segundo o Instituto Caldeira, um movimento de descentralização está surgindo.

LAGOS
Rio de Janeiro cria data lake

Cidade maravilhosa está se reposicionando como uma referência na área de tecnologia.

EDUCAÇÃO
Ex-alunos criam fundo para UFRGS

Novo endowment tem meta de captar R$ 40 milhões até o final do ano.

ACADÊMICO
Americanas cria laboratório na PUC-Rio

Espaço será voltado à capacitação em inovação e tecnologia.

MOVIMENTO
Feevale integra Pacto Alegre

Universidade se soma em iniciativa liderada por Unisinos, UFRGS e PUC-RS.