Tempos de mudança na Singularity University. Foto: https://www.flickr.com/photos/andrewmilligansumo/

A Singularity University, famosa instituição de ensino do Vale do Silício, conhecida pela sua abordagem futurista, está em apuros no curto prazo, tendo perdido o seu CEO e com planos de demissões em meio a problemas financeiros.

Segundo revela uma matéria da Bloomberg, o CEO Rob Nail, no comando nos últimos oito anos, está de saída, assim como 60 funcionários da instituição de ensino.

O motivo são problemas financeiros, que entrou em apuros depois de perder um financiamento do Google. A gigante de buscas saiu depois de que surgiram denúncias de assédio e má administração.

São detalhes mundanos que atrapalharam a Singularity, cujo nome é oriundo do conceito de que um dia humanos vão se fundir com as máquinas, popularizado por Ray Kurzweil durante um TED Talk em 2009.

Em julho, a Singularity University (SU) divulgou uma parceria com a HSM para o lançamento da SingularityU Brazil, baseada em São Paulo.

Antes da abertura do campus, a Singularity abriu capítulos em seis estados do Brasil: Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Florianópolis. Os capítulos são sempre liderados por ex-alunos.