Carlênio Castelo Branco.

A Senior Sistemas comprou a Novasoft, uma companhia colombiana com uma oferta de software de gestão similar à dos brasileiros, incluindo ERP e RH.

Sediada em Bogotá, a Novasoft tem cerca de 2 mil clientes, 150 funcionários e 20 canais de distribuição na Colômbia, cifras que a tornam uma das maiores empresas de ERP colombianas.

Não foram abertos valores da aquisição, que é a primeira fora do país por parte da Senior, que já fez 21 aquisições e investimentos em empresas.

A Colômbia é hoje a terceira maior economia da América do Sul, atrás apenas do Brasil e da Argentina.

“A Novasoft traz expertise no mercado colombiano que coincide com os nossos interesses de negócios, especialmente pela atuação com sistemas de gestão dentro das legislações locais, o que nos viabiliza trazer outras soluções complementares para a gestão dessas empresas”, destaca o CEO da Senior Sistemas, Carlênio Castelo Branco.

Os sócios operantes da Novasoft seguem como executivos da companhia e terão participação societária na operação.

A Senior começa seu trabalho na Colômbia somando ao portfólio da Novasoft todas as suas soluções complementares de RH, Logística, Construção, Acesso e Segurança, CRM, BPM, etc.

Com a compra, a Senior dá os seus primeiros passos fora do país, uma movimentação na qual nenhuma empresa de sistemas de gestão brasileira foi realmente bem sucedida até o momento.

Mesmo a gigante Totvs, líder de mercado no país, nunca chegou a ter uma parcela acima de 5% do faturamento vinda de fora do país.

Sediada em Blumenau, a Senior tem 12 mil clientes e fechou 2019 com uma receita de R$ 431 milhões, uma alta de 29% frente aos resultados de 2018. 

A meta é chegar a R$ 500 milhões em 2021 e dobrar a cifra para R$ 1 bilhão até 2023.