NUVEM

Copersucar migra para IBM Cloud

20/05/2021 14:50

Até então, a infraestrutura principal de TI da empresa de açúcar e etanol era on premise.

A companhia é líder global na comercialização de açúcar e etanol. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Copersucar, gigante brasileira de exportação de açúcar e etanol, migrou sua infraestrutura principal de TI, que estava no modelo on premise, para a IBM Cloud com suporte da IBM Global Technology Services.

Segundo a empresa, que já é cliente da IBM há mais de uma década, a decisão de migrar para a nuvem foi pautada pela busca de agilidade, escalabilidade e custos adequados — e a IBM Cloud se mostrou a escolha certa para ter mais agilidade nas entregas sem perder a qualidade e segurança do modelo anterior.

“Seguramente, este será um vetor para acelerar ainda mais a entrega de serviços e de novas soluções aos clientes internos, externos e ao nosso ecossistema, composto pelas nossas 34 usinas sócias", afirma Dalbi Arruda, CIO da Copersucar.

Com a migração, a companhia afirma que conseguiu ganhar mais flexibilidade, segurança e escalabilidade de infraestrutura, além de reduzir custos operacionais de TI.

Hoje, a IBM gerencia todo o ambiente híbrido de TI da Copersucar, incluindo cargas de trabalho SAP, faturamento e sistemas de logística.

“Além da eficiência e da escalabilidade, em IBM Cloud contamos com tecnologia de ponta em segurança, que permite à Copersucar rodar cargas de trabalho críticas ao mesmo tempo em que protege a integridade dos seus dados e operações", explica Luis Marcelo Teixeira, diretor de serviços de infraestrutura da IBM Brasil.

A IBM ainda gerencia o Service Desk de TI da Copersucar, movido pela inteligência artificial da solução IBM Workplace Services with Watson, que resolve de forma autônoma chamados de TI, como redefinições de senha de sistemas e acesso às pastas de rede, dos mais de 500 funcionários da empresa em todo o Brasil.

Fundada em 2008, a Copersucar tem sede em São Paulo e atua na gestão de todos os elos da cadeia de açúcar e etanol, desde o acompanhamento da safra no campo até os mercados finais, incluindo as etapas de armazenamento, transporte e comercialização.

A companhia é líder global na comercialização de açúcar e etanol e a maior exportadora brasileira desses produtos. Somente na safra 2019-20, foram 3,7 milhões de toneladas de açúcar e 5 bilhões de litros de etanol comercializados.

Veja também

BRASÍLIA
Huawei está na nuvem do Serpro

Contrato é de R$ 23 milhões por cinco anos. Até agora, só a AWS estava dentro.

PETRÓLEO
PetroRio implanta S/4 Hana

Fusion vai colocar o ERP da SAP para rodar na empresa em sete meses.

NUVEM
CVC unifica plataformas com Avaya

Projeto que possibilitou o trabalho remoto de 4,5 mil foi da integradora paulistana Z&F Telecom.

FOI
Microsoft consegue contratar Rodrigo Kede

Executivo era causa de uma disputa com a IBM que já durava um ano.

CONTROLES
Atech adota S/4 Hana

Projeto foi da KPMG. Nave mãe Embraer já é cliente da SAP desde 2002.

FERRAMENTAS
Libere a solução certa, na hora certa

Solução da Citrix permite habilitar aplicativos para usuários de acordo com o contexto.

ERP
Asaas compra Base

Empresa de software de cobrança quer agregar novas funcionalidades no seu produto.

CLOUD
C6 Bank usa nuvem da AWS

A fintech fechou um contrato para utilizar a infraestrutura da americana no longo prazo. 

CAPITALIZADA
Afya compra Shosp por R$ 7,77 milhões

Depois de aporte do Softbank, esta é quinta aquisição do grupo em 2021.

ADEUS
Microsoft desiste do seu blockchain

É a velha história do mercado de tecnologia: depois do hype, vem a saída discreta.