Gisele Bündchen é a garota propaganda da Arezzo. Foto: Divulgação.

Rodrigo Ribeiro, ex-superintendente de TI do Agibank, é o novo diretor de TI da Arezzo, grupo gaúcho de marcas de sapatos de luxo.

Ribeiro substitui Júlio Baião, que assumiu o cargo em fevereiro do ano passado, vindo da C&C Casa e Construção.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete.

Ribeiro saiu do Agibank em fevereiro, em meio a um grande corte de equipe do banco digital, que afetou principalmente a área de TI.

O executivo estava no Agibank há pouco mais de um ano, vindo do Boticário. Ele tem ainda passagens pelo Itaú e Lojas Renner.

Baião é um executivo experiente, com passagem por diversas grandes empresas do setor de varejo.

Antes da C&C, rede de material de construção atua nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, Baião dirigiu a TI do Grupo Pão de Açúcar por um ano. Entre 2013 e 2015, ele foi CIO da Via Varejo.

O executivo já atuou como gerente de tecnologia das empresas Carrrefour, Sadia e Holcim.

A Arezzo parece ter dificuldades com o comando de TI. 

Em novembro de 2017 André De Souza Doro, saiu da empresa após pouco mais de um ano no cargo (hoje ele é diretor de TI na Embraer, gigante brasileira e aviação).

Doro substituiu Kurt Richter, ex-diretor de TI e Logística, à frente da TI da Arezzo desde julho de 2009. 

Antes, Richter foi diretor administrativo financeiro na empresa por oito anos.

Dona de marcas como Arezzo, Schutz, Alexandre Birman e Ana Capri, a Arezzo&Co tem um faturamento na casa do bilhão, vendendo mais de 10 milhões de pares de calçados por ano, além de bolsas e acessórios.