Pandemia é uma ameaça. Foto: Pexels.

Muitas pessoas costumam procurar tabelas e comparativos antes de comprar um purificador de ar. Esse hábito aumentou durante a pandemia do coronavírus, já que a doença afeta, entre outras coisas, as vias respiratórias. 

Outro motivo para utilizar do purificador de ar em casa é que ele ajuda a filtrar alérgenos e poluentes internos, como  vapores de produtos de cozinha e limpeza.  E isso é especialmente verdade agora, quando tantas pessoas ficam presas dentro de casa 24 horas por dia, 7 dias por semana, devido à pandemia de coronavírus. 

Mas você também pode estar se perguntando se um purificador de ar pode impedir o COVID-19 de ficar circulando no ar.

Segundo especialista, o consenso é que, embora os purificadores de ar provavelmente não ofereçam muita proteção na maioria das circunstâncias, eles podem valer a pena em alguns específicos.

Se alguém em sua casa estiver doente com COVID-19, usar um purificador de ar na sala de quarentena pode ajudar a proteger outros membros da família. O mesmo vale para os profissionais de saúde que ficam em quarentena quando chegam em casa.

Embora a maioria dessas gotículas caia no chão rapidamente, algumas pesquisas sugerem que partículas menores podem permanecer no ar por mais tempo.

Mas mesmo se você mora com um profissional de saúde ou com alguém doente com COVID-19, antes de comprar um purificador de ar, alguns especialistas dizem que simplesmente abrir as janelas da sua casa para permitir a entrada de ar fresco ajudará a diluir os contaminantes internos - incluindo partículas virais. 

O novo coronavírus é de 0,125 mícrons. As gotículas em que ele viaja - quando as pessoas tossem, falam ou respiram - inicialmente são maiores, em torno de 1 mícron. Isso significa que um purificador de ar deve ser capaz de atrair consistentemente ar suficiente para reduzir a quantidade de partículas de vírus no ar. Quanto mais rápido um purificador de ar puder circular o ar pelo filtro, maiores serão as chances de capturar partículas de vírus. 

Mesmo os purificadores de ar mais eficientes não podem impedir que algumas gotículas aterrissem em superfícies, onde podem viver por horas ou até dias, de acordo com uma pesquisa do National Institutes of Health. Portanto, para ajudar a impedir a propagação do vírus em sua casa, você deve limpar sua casa  e  lavar as mãos  também.