Se você desejar seu dentista pode receber os dados. Foto: Divulgação

Internet das coisas tem se tornado um termo popular e as empresas não tem perdido as oportunidades para conectar suas “coisas”. A vez foi da Oral-B que decidiu conectar as escovas de dente via Bluetooth com seu smartphone.

O protótipo foi apresentado durante o Mobile World Congress em Barcelona, no qual, acompanhada de um aplicativo (iOS ou Android), a escova transmite quantas vezes ao dia foi utilizada, e principalmente: como foi a escovação. Ela mede quanto tempo foi dedicado para cada parte da boca e qual a pressão utilizada para a escovação.

O app alerta se a pessoa usou força demasiada ou se deixou de escovar por tempo suficiente uma determinada área da boca. Os dados podem ser compartilhados com o dentista do usuário, se este quiser.

A ideia foi uma parceria da empresa com a Braun que realizou testes prévios com mais de 8 mil pessoas. Nele, foi possível constatar que o tempo médio de escovação dos usuários aumentou de 60 para 136 segundos.

A escova de dentes inteligente da Oral-B começará a ser vendida no mundo inteiro a partir de junho com o preço sugerido de € 219 (R$ 702,99). A título de comparação, uma escova de dente elétrica comum pode custar em média € 24 (R$74)