João André Ozório e Adriano Schalinski, fundadores da YAK. Foto: Max Schwoelk.

A YAK, startup de tratores elétricos de Joinville, Santa Catarina, acaba de receber um aporte seed de R$ 1,2 milhão através do programa Finep Startup, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações (MCTIC).

A empresa foi fundada em 2016 por João André Ozório (CEO) e Adriano Schalinski. Ozório tem uma carreira voltada à área de design de produto, enquanto Schalinski é engenheiro mecânico e atuou anteriormente como projetista em indústrias.

Segundo o site SC Inova, os dois enxergaram um grande potencial no mercado de tratores elétricos após fazerem uma pesquisa.

“Até então, só existiam grandes esforços em pesquisa e desenvolvimento de veículos elétricos de uso convencional, como carros e motos”, contou Ozório à publicação.

A partir daí, eles desenvolveram produtos com baterias de Lítio Ferro Fosfato com vida útil de até oito anos, sistema de resfriamento a água e smart BMS, utilizando um conjunto de tração elétrico com motores WEG, transmissão própria e freios de longa duração.

Além disso, os tratores têm eletrônica e software embarcado com conexão remota com a fábrica por meio de uma plataforma em nuvem, que faz a gestão da frota, atua no controle de manutenções, entre outros serviços.

Hoje a startup atua com três modelos de tratores com capacidade de até 18 toneladas e promete uma economia de até 70% no transporte de cargas.

Anteriormente, a YAK já teve duas captações de capital: R$ 60 mil obtidos em um prêmio de inovação e um investimento anjo de R$ 150 mil recebido no final de 2018.

Além disso, a empresa já participou do programa de aceleração Startup SC e do Leaders in Innovation Fellowships, programa de capacitação de negócios realizado no Reino Unido. 

“Todo o conhecimento adquirido foi importante na estruturação da empresa, sobretudo durante a pandemia de Covid-19. Revisitamos o nosso negócio, antes direcionado para o setor aeroportuário, e aperfeiçoamos o processo comercial para atender novos mercados”, contou Ozório ao SC Inova.

Com o valor do novo aporte, a empresa deve investir na ampliação da equipe e no desenvolvimento de novos produtos, entre eles o trator YAK 80E, que terá um módulo de operação autônomo.

Para ampliar a participação no segmento industrial, a startup lançou um canal para auxiliar na digitalização dos processos de venda, assinatura e prospecção de empresas clientes. 

Em paralelo, um plano de assinatura específico, que deve ser pré-lançado em 2021, está sendo desenvolvido para fomentar o uso dos tratores elétricos no mercado agrícola. 

O aporte faz parte da quinta rodada de investimentos do programa Finep Startup, que lançou seu terceiro edital em fevereiro deste ano, com limite de recursos totais de R$ 30 milhões para 25 startups.

Ele tem o objetivo de alavancar empresas de base tecnológica em fase nal de desenvolvimento de produto ou que precisem ganhar escala de produção, com viabilidade comercial comprovada.

A sexta rodada de investimentos do programa está com inscrições abertas até o dia 14 de dezembro.