Juliano Tubino, vice-presidente de estratégia, marketing e negócios digitais da Totvs.

A Apple firmou uma parceria com a Totvs para o lançamento do primeiro sistema de ponto de venda (PDV) nativo para o sistema operacional iOS.

O contato entre as empresas para a parceria surgiu a partir de uma programa da Apple que fomenta o desenvolvimento de soluções corporativas com os recursos da empresa, do qual a Totvs participa.

"A Apple sentiu a necessidade de contar com um sistema de PDV específico para o hardware da companhia e, após estudar o mercado global a partir das empresas que participam desta aliança, selecionou a Totvs para desenvolver esse projeto em conjunto", destaca Juliano Tubino, vice-presidente de estratégia, marketing e negócios digitais da Totvs.

Para isso, as empresas trabalharam em uma nova versão do Bemacash, oferta de software para o segmento de micro e pequenos negócios, voltada para dispositivos da Apple.

O projeto contou com a participação de equipes da Totvs e do Instituto Eldorado, parceiro da Apple. O time da companhia na Califórnia participou de etapas como a revisão dos recursos e da experiência do usuário.

A solução conta com funcionalidades exclusivas para equipamentos com sistema iOS, como scanner de código de barras com câmera integrada (para venda e controle de estoque); cadastro de ponto automático por meio de login; comissão múltipla por venda; sincronização local sem precisar de conexão com a internet, entre outras.

Com a nova versão, além dos segmentos de varejo de itens e food services (bares e restaurantes), a Totvs passa a atender também o setor de vestuário, no qual já conta com médias empresas entre os clientes.

“Estamos entusiasmados em expandir a nossa solução de frente de caixa para os clientes iOS. Levamos ao micro e pequeno negócio a oportunidade de digitalizar processos e garantir uma gestão financeira eficiente com uma plataforma moderna e premium”, afirma Tubino.

O produto está em fase de testes por estabelecimentos pilotos. A previsão da Totvs é iniciar a comercialização do sistema de frente de caixa para iOS em agosto.

A iniciativa colabora para uma mudança na estratégia do Bemacash, sistema antes vinculado a dispositivos específicos oferecidos pela Bematech, unidade de hardware adquirida pela Totvs em 2015 e vendida para a Elgin em maio de 2019.

"Nesse momento, passamos a ter uma versão agnóstica, para qualquer tipo de dispositivo Android. Em breve teremos uma versão web para uso em todos os computadores. Os desafios são as integrações com todos os formatos de dispositivos e acessórios", relata Tubino.

A Elgin pagou R$ 25 milhões pelo negócio de hardware da Totvs, menos de uma vigésima parte dos R$ 550 milhões que a Totvs pagou pela Bematech no fim de 2015. A parte de software da Bematech não fez parte da nova transação.

*Júlia Merker cobre o Universo Totvs em São Paulo a convite da Totvs.