Ricardo Kalichsztein, CEO e fundador do Bom Pra Crédito. Foto: Nathalia Belissmo.

A fintech Bom Pra Crédito, que atua como um marketplace de crédito online, acaba de receber um aporte de R$ 35 milhões em rodada de investimento liderada pelo Grupo Globo, maior conglomerado de mídia e comunicação da América Latina.

Com o aporte, realizado no formato media for equity, a Globo entra no quadro societário da empresa. No modelo, parte do investimento é convertido em mídia. 

A empresa espera, com o aporte, potencializar a estratégia de expansão da oferta do marketplace, que inclui novos produtos e melhoria da experiência para o usuário final, além da expansão do uso de ciência de dados e inteligência artificial para concessão de crédito.

Em outubro de 2018, a fintech já havia recebido um aporte Série A de R$ 22 milhões liderado pelo fundo Innova Capital, que já investiu em empresas como Movile, e composta pela Astella Investimentos.

"Não planejávamos uma nova rodada para este momento, mas ter o Grupo Globo, um dos maiores grupos de mídia do mundo como nosso sócio, é uma oportunidade de aumentarmos nosso alcance para além do mundo online, gerando mais impacto em termos de ampliação do acesso ao crédito no país e na melhoria das condições para nossos clientes", afirma Ricardo Kalichsztein, CEO e fundador do Bom Pra Crédito.     

Lançada em 2014, a plataforma une credores e tomadores de empréstimos por meio de uma experiência 100% digital, do cadastro até a assinatura do contrato. 

A partir do preenchimento de um formulário online, o cliente recebe diversas ofertas de crédito e pode escolher a que mais se adequa ao seu perfil. Se aprovado pela instituição financeira, o dinheiro é depositado em conta em até 48 horas.

Já o credor tem acesso a uma plataforma de Credit as a Service (CaaS), que utiliza inteligência de dados para permitir a concessão de crédito.

"A parceria com a Bom Pra Crédito reforça os objetivos do Grupo Globo de diversificar seus investimentos em negócios voltados para a área de inteligência e análise de dados. Com isso, esperamos contribuir para a democratização do acesso ao crédito no país", afirma Sérgio Lourenço Marques, CFO do Grupo Globo.

Atualmente, a fintech conta com mais de 6 milhões de usuários e já intermediou cerca de R$ 500 milhões em empréstimos para cerca de 34 parceiros que integram a plataforma.

Com o aporte, o Bom pra Crédito espera aumentar a originação de crédito em 4 vezes até o final do próximo ano, rumo a seus objetivo de atingir R$ 10 bilhões de crédito intermediado até 2022 e servir a mais de 22 milhões de pessoas durante o período.