Thiago Zambotti.

Thiago Zambotti, ex-CFO e VP para Finanças da América do Sul da Schneider Electric, acaba de assumir o cargo e COO e gerente geral no Brasil da Honeywell.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pela reportagem do Baguete.

O executivo entrou na multinacional francesa de soluções de gestão da energia elétrica e automação em 2004 como controller e fez carreira, passando por cargos na área financeira na Colômbia e na matriz em Paris, assumindo o cargo de CFO para América do Sul em 2016.

Na Honeywell, que é uma das concorrentes da Schneider Electric em alguns mercados, Zambotti estará à frente das operações no Brasil.

A Honeywell tem um perfil diversificado, indo desde produtos para consumidor final, até serviços de engenharia e sistemas aeroespaciais.

Zambotti é o terceiro executivo de alto perfil a deixar a Schneider Electric nos últimos meses.

Tânia Cosentino, ex-vice-presidência global de qualidade e satisfação do cliente da multinacional francesa, assumiu recentemente o posto de presidente da Microsoft Brasil.

Tânia havia sido promovida para um cargo de nível global na Schneider Electric em outubro do ano passado e estava há quase 20 anos na empresa.

Em junho do ano passado, Cleber Morais, presidente no Brasil da Schneider Electric, trocou o cargo pelo posto de country director da Amazon Web Services no Brasil.

Morais não chegou a fazer carreira na empresa: ele estava na posição há pouco mais de dois anos na Schneider Electric, vindo da Bematech. 

A Schneider Electric atua em mercados como residencial, industrial, comercial, data centers, energia e infraestrutura para cidades inteligentes.