Henrique Weber, CTO do Banco Bari. Foto: Divulgação.

O Banco Bari, instituição financeira do Grupo Barigui, tem previsão de lançar seu produto mínimo viável (MVP, na sigla em inglês) ainda este ano. A operação da empresa nasceu digital e roda na nuvem da AWS nos Estados Unidos.

“No começo do projeto, em 2018, a empresa chegou a trabalhar com outro fornecedor de nuvem, mas trocou para a AWS dois meses depois”, relata Henrique Weber, CTO do Banco Bari.

A nova operação começou a ser desenvolvida em 2018, a partir da autorização do Banco Central (BC) para que o conglomerado financeiro do Grupo Barigui, tradicional no segmento de concessionárias, atuasse também como um banco múltiplo.

Desde então, a empresa já anunciou um cartão de crédito com imóvel como garantia e limite de até R$ 1 milhão, que está em fase de testes.

O Bari também irá atuar com uma carteira de financiamentos e uma carteira de investimentos. Os produtos estão em fase de desenvolvimento para serem apresentados ao mercado. 

A equipe de tecnologia do Bari é composta por cerca de 40 funcionários, além de contar com mais de 15 vagas abertas.

“Trabalhamos com um modelo de horizontalização de hierarquia com metodologias ágeis. O desenvolvimento hoje é 100% microsserviços e avaliamos, no futuro, adotar o modelo serverless”, declara Weber.

A arquitetura serverless é um modelo de execução no qual o provedor de nuvem é o responsável por executar pedaços de código com recursos alocados dinamicamente. Assim, o custo é somente de recursos usados para executar o código específico. 

Hoje, além dos serviços da AWS, o Banco Bari conta com a Sensedia como fornecedora de tecnologia para gerenciar APIs.

A instituição financeira também conta com um sistema de core-banking legado já utilizado anteriormente pela Barigui Financeira. A solução é fornecida pela Lydians, sediada em São Leopoldo.

Fundado em 1993, o Grupo Barigui foi criado a partir de uma concessionária Fiat. Em 1995, ingressou no setor financeiro com a Barigui S/A Crédito, Financiamento e Investimentos (Barigui Financeira). 

Hoje, a companhia possui 60 concessionárias de marcas como Fiat, Ford, Renault, Volkswagen, Hyundai, Nissan, BMW, Mini, Toyota, Lexus, Citroën, Jeep, Kia e DAF Caminhões.