Fabio Castelucci.

Fabio Castelucci, ex-diretor sênior de Finanças para América Latina da HPE, é o novo vice-presidente de Finanças da Sonda no Brasil.

O executivo reúne mais de 20 anos de experiência, sendo os últimos 15 anos na HPE, na qual entrou quando a então HP adquiriu a EDS.

Com a contratação de Castelucci, David Ramirez, que até então atuava como CFO, assume a vice-presidência de Controles Internos, Gestão de Riscos e Auditoria.

“Este movimento é mais uma ação de nosso plano estratégico, que visa unificar a gestão do Grupo Sonda e contribuir para o sólido crescimento dos negócios no País”, explica Affonso Nina, CEO da companhia no Brasil.

Consolidação da integração das aquisições realizadas pela Sonda no Brasil nos últimos anos é a palavra de ordem de Nina, que assumiu o cargo em outubro de 2017 e tem ele mesmo uma passagem pela área financeira da HPE, também vindo da EDS.

A maneira de fazer isso é consolidar o comando e chamar muitos executivos de fora. Em maio, Nina passou a comandar diretamente as atividades da CTIS e da Sonda TI.

A CTIS é resultado de uma aquisição da Sonda em 2014, por um valor inicial de R$ 400 milhões, mais R$ 85 milhões condicionados ao período 2014-2018. 

A Sonda TI é ela mesma uma incorporação de diferentes empresas, reunindo sob seu guarda chuva diversas aquisições feitas pela chilena Sonda no país desde 2007, incluindo nomes como  Procwork, Kaizen e Telsinc.

Essas marcas saíram de circulação e passaram a ser tratadas como verticais de negócios da Sonda TI, que passou a se vender como uma integradora com tecnologias de SAP, virtualização, cloud computing, armazenamento, segurança e telecomunicações.

Com a nova organização, a Sonda TI passa atender exclusivamente o mercado privado e a CTIS a área pública no qual a companhia obteve 90% de uma receita líquida de R$ 837 milhões em 2013. 

A Sonda vem também contratando novos VPs nos últimos meses. 

Leo Marroig, ex-gerente geral da fabricante chinesa de smartphones Xiaomi, ficou com o cargo de vice-presidente de Business Operations & Improvement da Sonda.

Caio Silva, ex-líder de vendas de AMS da IBM, assumiu a vice-presidência de Aplicativos, área responsável pelas tradicionais soluções fiscais e de comércio exterior, assim como pelas aplicações de parceiros, como SAP e SAS.  Silva tem passagens por Accenture, EDS e T-Systems.

Tim Cardoso, ex-líder de indústrias na HPE, foi contratado como vice-presidente de Inovação e Gestão de Clientes, tendo como meta reunir todas as iniciativas de inovação da Sonda para ajudar as empresas na construção de seu caminho rumo à transformação digital.

Helcio Beninatto, ex-VP e gerente geral da Unisys para América Latina, assumiu a vice-presidência de vendas privadas da Sonda no Brasil.