Ideia é controlar a geladeira do supermercado á distância. Foto: Pexels.

A Danfoss, uma gigante multinacional de sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado, acaba de se tornar um parceiro independente da Microsoft, ou ISV, para usar o jargão do setor.

A companhia está usando tecnologias de Internet das Coisas e de computação em nuvem da Microsoft para oferecer uma solução de monitoramento de equipamentos para proprietários e profissionais de sistemas de refrigeração.

O Danfoss Cooling Cloud Suite deve ajudar clientes como supermercadistas a reduzir a perda de alimentos, diminuir o consumo de energia e otimizar o desempenho geral da loja. 

“Temos mais de 80 anos de domínio e liderança em refrigeração e ar condicionado para oferecer uma solução em nuvem de classe mundial” observa Jan-Hendrik Sewing, vice-presidente sênior da divisão de controladores eletrônicos e serviços e diretor global de Food Retail da Danfoss. 

A promessa é eliminar até 80% do tempo usado para gerenciar problemas com o equipamento da loja, pois os ativos conectados são monitorados e analisados, garantindo ação imediata em caso de falha do compressor, vazamento de refrigerante ou outros problemas. 

De acordo com as empresas, ainda será possível reduzir em até 40% a perda de alimentos, pois a temperatura é monitorada automaticamente e alarmes são enviados à loja se a temperatura estiver acima do limite. 

Por fim, as lojas podem poupar mais de 30% do total de energia em picos de carga e reduzir o consumo de energia de luzes, refrigeração, HVAC e outros aparelhos elétricos.

A Danfloss já tinha uma base de clientes de Internet das Coisas, com 100 nomes, mas é um volume pequeno frente a base total da empresa, que chega a 50 mil plantas de varejo globais instaladas.