Fernanda Sabino, nova head de TI da L'occitane no Brasil. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Fernanda Sabino, ex-gerente de TI da Sherwin-Williams, acaba de ser contratada como head de TI da L'occitane, multinacional francesa do setor de cosméticos, no Brasil.

A executiva sucede Izabela Anholett, que estava na empresa desde 2018 e foi para a NZN, criadora de marcas como Baixaki, TecMundo e Mega Curioso, para assumir o cargo de Chief Technology Officer (CTO).

Sabino também estava na Sherwin-Williams desde 2018 e, anteriormente, foi IT business partner na Duratex por um ano e meio.

Em seus mais de 20 anos de carreira, a profissional passou por empresas como Schaeffler Brazil, Camargo Corrêa, Suzano Papel e Celulose, Smiths Group e UnitedHealth Group.

A nova head de TI da L'occitane é graduada em gestão em comércio exterior pela Universidade Paulista, tem MBA em gestão estratégica em TI e pós-MBA em inovação pela Inova Business School, além de especializações pelo Insper e pela Foil Brazil.

Fundada em 1976, a L’occitane Group tem sede em Manosque, na França, e atua em 90 países com cinco marcas: L'occitane en Provence, Melvita, Erborian, L'occitane au Brésil e LimeLife by Alcone.

Com mais de 50 produtos patenteados, a companhia tem uma rede internacional que ultrapassa o número de 3 mil lojas de varejo e inclui mais de 1,5 mil butiques próprias.