As migrações de workloads para a nuvem influenciaram o crescimento do mercado de serviços de TI. Foto: Pexels.

O mercado nacional de serviços de TI cresceu 6,1% no primeiro semestre de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado. A informação faz parte do estudo Semiannual Services Tracker 2019H1, da IDC Brasil. 

Entre as demandas que influenciaram o resultado estão as migrações de workloads (cargas de trabalho) para a nuvem, os serviços de suporte e consultoria para adoção de tecnologias como inteligência artificial e big data & analytics e os serviços de provedores de nuvem, que fornecem infraestrutura, plataformas ou softwares como serviço.

A área que mais se destacou no mercado de serviços de TI no primeiro semestre de 2019 foi a de serviços gerenciados.

O segmento das médias empresas foi um dos destaques do período por atrair grandes provedores de serviços com ofertas mais estruturadas. O mercado financeiro também foi importante e registrou importantes movimentações dos bancos tradicionais, fintechs e bancos digitais. 

“Os investimentos feitos pelas empresas do mercado financeiro, por exemplo, são benéficos para o cliente, que tem sua experiência de usuário mais ágil e fluida, e para o mercado como um todo, promovendo a competição e busca por excelência”, explica Luiz Monteiro, analista de pesquisa e consultoria em serviços de TI da IDC Brasil.