DOCUMENTOS

Unico adquire ViaNuvem

31/05/2021 10:47

Empresa tem tecnologia de onboarding digital para concessionárias de veículos.

Fredy Evangelista, CEO da ViaNuvem.

Tamanho da fonte: -A+A

A Unico, companhia brasileira em alta no segmento de assinatura digital e biometria facial, acaba de fechar a compra da ViaNuvem, especializada em ferramentas que permitem a concessionárias vender carros online. 

A aquisição é a primeira depois do aporte de R$ 580 milhões liderado pelos fundos SoftBank e General Atlantic em setembro do ano passado.  O valor da compra não foi revelado.

Fundada em 2017, a ViaNuvem começou como uma startup com software BPM no-code, permitindo a empresas criarem seus próprios processos. 

Mais tarde, passou a focar no mercado de concessionárias, fazendo o chamado onboarding digital, pelo qual um comprador envia documentos digitalizados para a plataforma da revenda de carros.

Hoje, a ViaNuvem está presente em 60% das transações de compras de carros novos do país, atendendo 2,5 mil concessionárias e transacionando R$ 20 bilhões por mês.

Fredy Evangelista, CEO da ViaNuvem, é um velho conhecido da Unico. O profissional trabalhou no comercial da empresa entre 2010 e 2015, quando ela ainda se chamava Acesso Digital.

"Como Unico, teremos uma estrutura mais robusta para evoluir o produto, com maior escalabilidade para o negócio. Vamos seguir melhorando a solução, que tem como objetivo desburocratizar a compra de veículos", afirma Evangelista.

Segundo revela a Exame, a Unico está analisando pelo menos 30 empresas e, nos próximos meses, deve anunciar pelo duas ou três novas transações.

É uma aceleração significativa no ritmo. Desde a fundação, em 2007, a Unico fez apenas quatro compras: em 2009, a dotBR, desenvolvedora de software de gerenciamento de documentos e workflow; em 2017, a Arkivus, de biometria facial e, em 2020, a Meerkat, de análise de imagens.

Segundo revela a Exame, a Unico tem hoje 400 clientes, entre eles bancos como Itaú, Santander e Bradesco. O faturamento foi de R$ 150 milhões em 2020, o dobro de 2019.

O negócio foi assessorado pela Pipeline Capital, que recentemente apoiou a Locaweb na compra da Samurai Experts em um negócio que movimentou R$ 9,8 milhões.

No momento, a Pipeline está atuando em outras 10 negociações e projeta participar de mais oito novas operações no segundo semestre de 2021, o que deve representar um volume de R$ 1 bilhão nas transações de venda.

Veja também

CARAS
Itaú tem biometria no app

Deve ser um dos maiores contratos do ano. Infelizmente, o Itaú não fala quem levou.

ESTREIA
Vinci compra Planus

Gigante francesa faz entrada no mercado brasileiro de tecnologia com aquisição de integradora.

TIME
Unico contrata VP da Salesforce

Novo reforço de peso, Igor Ripoll passou ainda por Oracle e Microsoft. 

ARRUMAÇÃO
Unico: time para tudo para resolver ineficiências

Equipe de engenharia da empresa ficou três meses focada em débitos técnicos.

RH
Hypera Pharma agiliza admissões com Unico

Com assinatura eletrônica biométrica, a farmacêutica reduziu o tempo de contratação em até 50%.

ROSTOS
Confins inicia testes de embarque por biometria facial

Projeto no quinto aeroporto mais movimentado do país contará com passageiros voluntários da Azul.

SÃO PAULO
Justiça multa metrô por reconhecimento facial

A concessionária ViaQuatro terá que pagar R$ 100 mil de indenização por danos morais coletivos.

CARGAS
CargOn: biometria para motoristas

Startup de logística aumenta segurança dos fretes com tecnologia da Microsoft.