Marco Camhaji, CEO da Adianta. Foto: Divulgação.

A startup Adianta, fintech focada em antecipação de recebíveis para pequenas e médias empresas, acaba de receber um novo investimento no valor de R$ 8 milhões. 

Acompanhada dos antigos investidores, como Yellow Ventures e OsherTech, a nova rodada inclui os fundos DGF Investimentos e 42K Investimentos, que estruturou um club deal com investidores de fintechs como Chromo Investimentos, Capital Lab e Roger Ingold (ex-CEO da Accenture) e empreendedores como Sandro Reiss (fundador e CEO da Geru) e Jaime de Paula (fundador e CEO da Neoway).

Com o novo investimento, a empresa planeja ampliar o time de engenheiros de desenvolvimento e a equipe de vendas. A companhia também pretende criar novos serviços e produtos voltados para pequenas e médias empresas. 

Até o final do primeiro trimestre deste ano, a Adianta começará o atendimento aos fornecedores de serviços, além de estudar novos produtos de capital de giro. 

Desde o início da operação, a empresa já recebeu pedidos de cerca de R$ 110 milhões em crédito. Agora, a expectativa para 2019 é alcançar uma carteira de crédito de R$ 100 milhões. 

“O que queremos é desenvolver um relacionamento de longo prazo com os nossos clientes, sempre com a preocupação de desburocratizar a experiência de concessão de crédito. Aos poucos, estamos levando a inovação das fintechs para este segmento”, revela Marco Camhaji, CEO da Adianta.

Disponível 24 horas por dia, a plataforma permite que o cliente adicione o formato XML da nota fiscal de venda para realizar toda a formalização do crédito.