E-COMMERCE

Nuvemshop compra Mandaê

01/10/2021 16:24

Com a aquisição, a companhia entra no mercado de logística para PMEs. 

Marcelo Fujimoto, CEO e cofundador da Mandaê. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A plataforma de e-commerce Nuvem Shop anunciou a aquisição de 100% da Mandaê, logtech paulista especializada no envio de encomendas para pequenos e médios e-commerces.

O valor e os termos da transação não foram revelados pela companhia.

Fundada em 2014, a Mandaê é uma plataforma logística que conecta os pequenos e médios comércios eletrônicos com transportadoras, traçando a melhor rota para cada encomenda enviada.

A ferramenta utiliza dados e algoritmos para conectar todos os players envolvidos nas etapas de supply chain, indo desde a coleta dos pedidos feitos no site do lojista até a entrega no destino final — com ativos próprios e múltiplas transportadoras.

Considerada um dos principais players de tecnologia focado em logística do Brasil, a logtech tem crescido 300% ao ano e contou com investidores como IFC, UPS, Monashees, Mercado Libre, Qualcomm Ventures, Performa, Valor Capital, Tekton Ventures, FJ Labs e Hans Hickler. 

Com a aquisição, a Nuvemshop entra de maneira direta no mercado de logística para PMEs. Como atende lojistas de diferentes tamanhos, segmentos e geografias, o objetivo da empresa é ter cada vez mais variedade e qualidade dentro do seu ecossistema.

“Adquirir a Mandaê e integrar as equipes faz parte da nossa estratégia de entregar cada vez mais e melhores soluções aos lojistas. Com a união das duas empresas, fortaleceremos a nossa oferta de serviços, mas continuaremos com o nosso DNA de plataforma aberta”, afirma Santiago Sosa, CEO e cofundador da Nuvemshop. 

Após a venda, a Mandaê continuará atendendo seus parceiros e clientes, além da Nuvemshop, que irá oferecer envios e outros serviços logísticos aos lojistas.

“Estamos super animados com essa aquisição. É uma combinação que faz muito sentido, não apenas por causa da importância da logística para o e-commerce, mas porque ambas as empresas têm missões semelhantes de ajudar o comércio eletrônico a prosperar”, ressalta Marcelo Fujimoto, CEO e cofundador da Mandaê. 

Com 90 mil lojas ativas, a grande maioria no Brasil, a Nuvemshop tem mais de 600 colaboradores trabalhando em home office nas cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba e diversos outros estados do Brasil, além de Buenos Aires e Cidade do México. 

Em agosto deste ano, a companhia levantou US$ 500 milhões (cerca de R$ 2,6 bilhões) em rodada liderada pela Insight Partners e Tiger Global Management, sendo avaliada em US$ 3,1 bilhões. A empresa projeta crescer mais de 20 vezes nos próximos cinco anos.

Veja também

DADOS
Neogrid compra Lett por R$ 38,5 milhões

Essa é a quarta aquisição da companhia após seu IPO, a segunda em menos de 15 dias.

CONTABILIDADE
Omie compra da G-Click

Startup tem solução para gestão de tarefas em escritórios de contabilidade.

SEMINOVOS
Microexato amplia esforços em serviços e compra de computadores

A empresa planeja dobrar sua capacidade de processamento até o final do ano.

NOMES
Costa, ex-RD, é VP da CondoConta

Fintech foca em soluções financeiras para condomínios e está capitalizada.

MOBILIDADE
Tembici levanta US$ 80 milhões

Rodada série C foi liderada pela Crescera Capital.

DADOS
Leroy Merlin amplia uso do Qlik

Varejista tem mais usuários e roda a ferramenta de visualização de dados na nuvem.