Usuários do Wappa podem pedir táxis em mais de 380 cidades de 22 países. Foto: Divulgação.

A Wappa, plataforma de gestão de táxis sediada em São Paulo, fechou uma parceria com a empresa Splyt, de Londres, para atender clientes em mais de 22 países na América Latina, América do Norte, Ásia, África, Oriente Médio e Europa. 

O Splyt é um serviço de roaming que permite que usuários de aplicativos utilizem a plataforma em diversos países. 

Até agora, a Wappa estava presente em mais de 700 cidades do Brasil e em Portugal. Agora, os usuários do app poderão utilizá-lo também em mais de 380 cidades da Argentina, Chile, México, Colômbia, Estados Unidos, Inglaterra, Bélgica, França, Polônia, Rússia, Arábia Saudita, China, Nigéria, Japão, entre outros.

O acordo será ampliado para 36 países até o final de 2017. A parceria beneficiará mais de 1 milhão de usuários das 6 mil empresas cadastradas na plataforma. 

“Entre as vantagens está a comodidade para nosso cliente, que não precisa baixar outros aplicativos quando estiver fora do Brasil, o uso da ferramenta em português e uma economia de 6% em cada corrida, já que utilizando a Wappa o custo do IOF será menor do que o do cartão de crédito internacional”, explica o diretor financeiro da Wappa, Bruno Freitas.

Além disso, as empresas continuarão recebendo o relatório das corridas de seus colaboradores em qualquer país onde estiverem a trabalho.

Com 15 anos de atuação, a Wappa foi fundada com foco no gerenciamento de despesas corporativas com táxi.

Em 2015, investiu nas startups Expense Mobi – que gerencia despesas corporativas com quilômetros rodados por funcionários – e Vai Moto – que faz a gestão de entregas de encomendas através de serviços de motoboy –, que passaram a compor o Grupo Wappa.

Em 2016, a empresa lançou uma nova versão de seu aplicativo de corridas de táxi, voltada a pessoas físicas.