Lojas Colombo tem 250 unidades na região Sul do país. Foto: Divulgação.

Luis Carlos Alberti não é mais gerente de TI da Lojas Colombo, rede de varejo de eletroeletrônicos com forte presença no Sul do país.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete.

Alberti era um executivo de carreira na Colombo, onde começou ainda em 1986.

A Colombo nunca foi muito aberta em relação aos seus projetos de TI.

Uma das iniciativas lideradas por Alberti que sim foi divulgada foi a implementação do sistema de gestão Dynamics AX, da Microsoft, concluída em 2014.

A Lojas Colombo tem 250 unidades no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e faturou R$ 1,48 bilhão no ano passado, um número não muito distante dos R$ 1,3 bilhão de 10 anos atrás. 

Desde 2002, a empresa já fez cinco tentativas frustradas de encontrar um sucessor para o seu fundador, Adelino Colombo, que se aproxima dos 90 anos de idade.

A última presidente a assumir foi a filha de Adelino, Gissela Franke Colombo, em julho de 2018. Gissela ocupou o cargo por seis meses, quando Adelino voltou, de forma interina, o que se mantém até agora. 

O nome cotado atualmente para assumir a empresa é o do neto, Eduardo Colombo, atual diretor comercial.