Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Algar Telecom, empresa de telecomunicações e TI do Grupo Algar, anunciou o início do serviço 5G para seus clientes nas cidades mineiras de Uberlândia e Uberaba, assim como na paulista Franca, a partir desta quarta-feira, 15. 

Ao todo, serão 42 bairros com sinal liberado para uso comercial na frequência 2.3 Ghz, leiloada no mês passado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Para ter acesso, os usuários só precisam ter celulares compatíveis com a nova tecnologia.

Para ser a primeira operadora a lançar o 5G no Brasil, a empresa fez um planejamento anterior ao leilão do 5G, garantindo a aquisição da frequência 2.3 Ghz, que não necessita de limpeza de espectro.

Além disso, a companhia explica que já tinha boa parte de sua infraestrutura adequada ou de fácil adequação para a oferta do 5G, pois realizou investimentos em estruturas de backhaul, core de rede e plataformas de serviço.

“Empenhamos todos os esforços em disponibilizar o 5G o mais breve possível. Podemos dizer que hoje é o início de uma mudança relevante na forma como nossos clientes irão se conectar entre si e com as coisas”, comemora Márcio De Jesus, vice-presidente ServC da Algar Telecom.

No leilão do 5G, finalizado em 5 de novembro, a Algar Telecom arrematou sete lotes regionais: cinco na frequência de 26 GHz (por R$ 5,343 milhões), um na frequência de 3.5 GHz (por R$ 2,350 milhões) e um na frequência de 2.3 GHz (por R$ 57 milhões).

Os lances totalizaram R$ 64,693 milhões e todos os lotes obtidos estão na área original de atuação da Algar Telecom, onde a companhia opera desde 1954, e que abrange 87 municípios dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Os lotes arrematados terão prazo de autorização de 20 anos.

Outras cidades brasileiras que podem receber o 5G em breve são Porto Alegre, São Caetano do Sul (SP), Brasília e Campo dos Goytacazes (RJ), destacadas pela Anatel como municípios com legislação aderente às melhores práticas para expansão da infraestrutura de telecomunicações.