Eduardo Leite, governador do RS, e Gustavo Estrella, presidente da CPFL. Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini.

Tamanho da fonte: -A+A

A CPFL, grupo do setor de energia com sede em Campinas, São Paulo, arrematou a CEEE-T, empresa pública gaúcha de titularidade da Companhia Estadual de Energia Elétrica Participações (CEEE-Par) nesta sexta-feira, 16, em venda realizada em leilão na B3.

De acordo com o site GaúchaZH, foram vendidas, em lote único, ações que representam 66,08% do capital social total da CEEE-T. 

Além da CPFL, outras cinco proponentes tiveram interesse pela transmissora, sendo que duas delas apresentaram as maiores propostas e seguiram para uma etapa de lances em viva voz. 

Por fim, a CPFL e a Companhia Técnica de Comercialização de Energia duelaram a disputa, aumentando os lances até chegar à cifra final de R$ 2,67 bilhões.

Na ocasião, Eduardo Leite, governador do RS, afirmou que "o setor privado tem mais capacidade de eficiência" para administrar o bem público, cabendo ao Estado a regulação e fiscalização do serviço.

“A privatização vem em proveito de toda sociedade, com melhores serviços e melhores preços, e em consequente geração de empregos”, acredita o governador.

Por meio da RGE, a CPFL já controla dois terços da atividade de distribuição no Rio Grande do Sul.

“A CPFL já possui longa história de parceria com o Rio Grande do Sul e aumentamos ainda mais o nosso compromisso com o estado. O plano nesta companhia não tem mágica, aqui é competência para operar os ativos e muito investimento”, afirma Gustavo Estrella, presidente da CPFL Energia.

Ainda de acordo com a publicação, o próximo passo será a venda do braço de geração da estatal, a CEEE-G, que deve acontecer até o início de 2022. O edital deve ser publicado entre agosto e setembro deste ano.

A CEEE-T possui 69 subestações, que somam potência instalada própria de 10,5 mil MVA. A empresa também é responsável pela operação e manutenção de 6 mil quilômetros de linhas de transmissão e mais de 15,7 mil estruturas. 

Criada há 108 anos, CPFL Energia é um dos maiores grupos privados do setor elétrico brasileiro e atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e serviços. Em geração, é a terceira maior agente privada do país, com capacidade instalada de 4.305 MW.

No mercado de distribuição, a companhia totaliza mais de 10 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, tem uma participação de mercado de 4%.

Desde 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a terceira maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês. Além disso, possui operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.