Manuela Bordasch, cofundadora do Steal The Look, e a Lu do Magalu. Foto: divulgação.

A Magazine Luiza anunciou a aquisição do Steal The Look (STL), site especializado em conteúdo comprável de moda, beleza, cultura e comportamento, e do Push, plataforma voltada aos temas de carreira e empreendedorismo feminino.

Como de costume, o valor da aquisição não foi revelado pela companhia.

Criado em 2012, o STL tem a proposta de gerar conteúdo sobre moda, por exemplo, e trazer no material links para que peças similares às daquele “look” possam ser compradas. 

A plataforma é acessada anualmente por 6 milhões de usuários únicos e a marca é acompanhada por mais 2,5 milhões de seguidores nas redes sociais. 

O Push, por sua vez, foi idealizado por Manuela Bordasch e Catharina Dieterich, cofundadoras do STL. Lançada em 2018, a empresa produz conteúdo para o site e o Instagram, dispõe de uma plataforma de mentoria e produz evento de carreira e empreendedorismo.

“Ao longo dos anos, conquistamos a confiança de leitoras e anunciantes através de um conteúdo independente, sempre co-criando com nossos parceiros e clientes. Essa autonomia é fundamental e será mantida nessa nova fase do STL e do Push”, afirma Bordasch.

Com a venda, a cofundadora continuará no comando da operação dos portais. O Steal The Look vai se manter como uma plataforma separada editorialmente do Magalu, assim como aconteceu com o portal de tecnologia Canaltech, adquirido pela companhia em 2020.

Segundo a Magalu, o portal será uma vitrine importante para o seu segmento de moda e estilo, que inclui Época Cosméticos, Zattini e Netshoes, assim como os sellers do marketplace — além de potencializar o alcance do Magalu Ads. 

“As categorias de moda e beleza, juntas, formam um mercado extremamente pulverizado, ainda pouco digitalizado e com tamanho total de R$ 223 bilhões anuais. Seu potencial on-line pode chegar a R$ 67 bilhões em um futuro próximo”, projeta Silvia Machado, diretora-executiva de moda e beleza do Magalu. 

O Magalu entrou no segmento de moda em 2019, com a aquisição da Netshoes e Zattini. Com a Hubsales, adquirida em 2020, a empresa passou a conectar fabricantes do setor diretamente ao consumidor final por meio de seu marketplace. 

Além disso, a Época Cosméticos, adquirida em 2013, atingiu a liderança on-line nas categorias de perfumes, maquiagem e cuidados com a pele.

Esta é a segunda aquisição anunciada pela Magalu em 2021. No início de março, a empresa havia comprado a VipCommerce, plataforma mineira de e-commerce white label com foco no varejo de alimentos.

No ano passado, a companhia realizou 11 aquisições, entre elas Estante Virtual, AiQFome, Hubsales, Stoq, Inloco, Canaltech, ComSchool e a fintech Hub.

Listada no Novo Mercado da B3 desde maio de 2011, a Magalu conta com mais de 47 mil funcionários e 1,3 mil lojas em 19 estados do país. Seu marketplace conta com 30 milhões de usuários ativos.