LOGÍSTICA

Mercado Livre transporta cargas com a Gol

19/04/2022 16:56

Serão seis aeronaves personalizadas com a cor e a logomarca do e-commerce.

Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

O Mercado Livre acaba de assinar um acordo com a Gollog, serviço de transporte de cargas e encomendas da Gol, para o transporte de suas mercadorias por 10 anos.

Até o ano que vem, serão seis aeronaves exclusivas para o serviço, que promete reduzir em até 80% o tempo de entrega nas regiões Norte e Nordeste e em até 50% no Centro-Oeste.

“Em capitais do Nordeste, o prazo atual de quatro dias cairá para apenas um. Já os consumidores de Goiânia e Cuiabá, por exemplo, passarão a receber seus pacotes full no dia seguinte”, afirma Fernando Yunes, vice-presidente sênior e líder do Mercado Livre no Brasil.

As aeronaves utilizadas serão do modelo Boeing Converted Freighter e passarão por um processo de conversão para cargueiros, com capacidade de 24 toneladas, além de serem personalizados com a cor e a logomarca do Mercado Livre.

Três desses aviões entram em operação no segundo semestre deste ano. Outros três serão integrados à frota até o terceiro trimestre de 2023.

O acordo considera também a opção de adicionar outras seis aeronaves de carga até 2025. 

O anúncio faz parte do pacote de investimentos de R$ 17 bilhões que o Mercado Livre destinou ao Brasil para 2022.

Esta não é a primeira vez que a companhia investe em transporte aéreo de carga. Em 2020, a empresa anunciou o lançamento da MELI Air, uma frota própria com quatro aviões, para agilizar as entregas no Brasil.

Segundo a revista Exame, o Mercado Livre registrou a receita líquida em US$ 2,1 bilhões no quarto trimestre de 2021. Listado na Nasdaq, o e-commerce é hoje avaliado em pouco menos de US$ 47,5 bilhões. 

A empresa é a terceira maior companhia sulamericana de capital aberto, atrás apenas da Vale e Petrobras. Em 2020, chegou a ser a mais valiosa. 

Já a GOL oferecia mais de 750 voos diários para mais de 100 destinos no Brasil, América do Sul, Caribe e Estados Unidos antes da pandemia.

Eram mais de 37 milhões de passageiros por ano, além do negócio de logística e transporte de cargas, atendendo mais de 3,4 mil municípios brasileiros e chegando a mais de 200 destinos internacionais em 95 países.

Com sede em São Paulo, a companhia tem uma equipe de aproximadamente 15 mil profissionais e opera uma frota de 127 aeronaves Boeing 737.

Veja também

MÉQUIZICE?
Vazam dados de clientes do McDonald’s

Dois hambúrgueres, nome, estado civil, endereço, e-mail, CPF e número de telefone.

E-COMMERCE
Ameaçado, AliExpress faz liquidação

Enquanto governo prepara restrições a importações de pessoas físicas, site chinês contra-ataca.

CIFRAS
Mercado Livre: R$ 17 bi no Brasil em 2022

Foco do investimento será na malha logística e na fintech Mercado Pago.

E-COMMERCE
Hackers invadem Mercado Livre

Foram acessadas informações de 300 mil usuários, mas não houve vazamento.

TROCA
Nuvemshop traz ex-Mercado Livre

Fabiano Leite será responsável pelas plataformas de e-commerce da empresa.

REFORÇO
Nuvemshop contrata ex-Mercado Pago

Renato Burim vai assumir a liderança do sistema de pagamentos da plataforma.