IMÓVEIS

Softplan compra Construtor de Vendas

20/05/2021 17:16

A empresa vai unir o CV ao Sienge, software de gestão especializado na área de construção.

Fabrício Schveitzer, diretor de estratégia e mercado do Sienge. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Softplan, desenvolvedora de software sediada em Florianópolis, anunciou a aquisição do Construtor de Vendas (CV), CRM especializado no mercado imobiliário.

A companhia não abriu o valor nem os termos da aquisição.

Criado em 2005, o Construtor de Vendas foi fundado por Fábio Garcez, Toninho Garcez e Gabriel Manzano na Alfama, empresa de Aracaju especialista em tecnologia digital com mais de 18 anos de atuação. Hoje, o CV está presente em todos os estados do Brasil. 

A plataforma tem mais de 340 clientes e já transacionou R$ 45,6 bilhões em vendas. No ano passado, seu crescimento foi de 131% e, em 2021, a meta é dobrar esse resultado.

Entre as suas funcionalidades, estão a possibilidade de fazer a gestão de leads, vendas e pós-vendas das incorporadoras. Com isso, o CRM proporciona visibilidade e controle a incorporadoras, imobiliárias, corretores, correspondentes e clientes.

Com a aquisição, a Softplan busca unir o CV ao Sienge, seu software de gestão especializado na área de construção civil, para ampliar seu espectro de atuação. Os dois têm negócios com receita recorrente e digitalização de processos de gestão de empresas da incorporação e construção. 

A relação entre as plataformas começou em 2019, com a integração entre as duas e, atualmente, 94% dos clientes CV compartilham características com a base Sienge.  O CV ainda se integra com outros ERPs do mercado, como Totvs, SAP, Informakon, UAU e Mega.

“A associação reforça a estratégia do Sienge de ser cada vez mais uma one stop shop para as empresas de construção e incorporação”, explica Fabrício Schveitzer, diretor de estratégia e mercado do Sienge.

O Sienge Plataforma já conta com mais de 30 softwares integrados e  os clientes podem escolher as soluções tecnológicas mais adequadas a seus modelos de negócio.

Após a venda, os sócios-fundadores do CV continuam à frente da operação para agregar expertises.

Com a perspectiva de investir R$ 200 milhões em três anos, a Softplan anunciou a criação de uma nova diretoria de M&A em janeiro e, desde então, fez duas aquisições.

A primeira foi a Checklist Fácil, scale-up especializada em software para criação e aplicação de checklists, por mais de R$ 23,4 milhões.

Fundada em 1990, a Softplan atua no desenvolvimento de softwares de gestão empresarial e gestão pública no Brasil e na Colômbia, com cerca de 2 mil colaboradores e mais de 6 mil clientes. Em 2020, a companhia teve um faturamento de R$ 336 milhões.

Veja também

BRASÍLIA
Huawei está na nuvem do Serpro

Contrato é de R$ 23 milhões por cinco anos. Até agora, só a AWS estava dentro.

CARREIRA
Ambev abre mais de 300 vagas para tecnologia

Companhia quer aumentar o time tech, que já conta com 1,6 mil e atua em projetos como o novo ERP.

CHAVÕES
A origem do customer success

Termo que está na boca do povo surgiu em 1997 e decolou quase uma década depois.

CONVERSAS
Chatbots Corporativos x Chatbots Básicos

Quais os fatores a serem considerados na construção de um assistente virtual?

E-COMMERCE
Shopper recebe aporte de R$ 120 milhões

Rodada série B foi liderada pelo fundo da Minerva e pelo Quartz, de José Galló.

ERP
Asaas compra Base

Empresa de software de cobrança quer agregar novas funcionalidades no seu produto.

EXCLUSIVO
Mundial aposta em transformação com Data System

Projeto prevê troca de ERP, implementação de aplicativos móveis e integração omnichannel das ferramentas.

BPO
Nexxera compra Gold Soluções

Com negociação assessorada pela Stark, a companhia fará um primeiro aporte de R$ 2,4 milhões.

CAPITALIZADA
Afya compra Shosp por R$ 7,77 milhões

Depois de aporte do Softbank, esta é quinta aquisição do grupo em 2021.

LGPD
Inovação digital deve seguir conceito Privacy by Design

Velocidade da expansão dos ambientes digitais e leis de privacidade trazem desafios.