Amos Genish é conhecido no Brasil por ter fundado da GVT. Foto: TIM.

Amos Genish, fundador da GVT e ex-CEO da Vivo, vai se tornar sócio do BTG Pactual, liderando uma nova unidade de negócios que consolidará as iniciativas digitais do banco no segmento de varejo.

A informação é do site Brazil Journal, que revela ainda que Amos terá cerca de 4% do capital do banco e ficará baseado em Londres, onde mora desde que deixou o Brasil.

A unidade de negócios sob comando de Amos englobará o BTG Pactual Digital; serviços financeiros e crédito a pequenas e médias empresas via plataforma digital; a participação do BTG no Banco Pan; uma plataforma de seguros; e a boostLAB, a aceleradora de startups do banco.

Amos era até novembro CEO da Telecom Italia e saiu em meio a uma briga entre a Vivendi e o fundo ativista Elliott.

Antes de assumir a Telecom Italia em setembro de 2017, Amos Genish atuou como diretor-executivo de conteúdo na Vivendi. 

O executivo israelense veio de uma temporada no Brasil, onde fundou e presidiu a GVT desde 2000 até sua incorporação pela Telefônica/Vivo em 2015. Genish passou a presidir também a Vivo, liderando a operadora brasileira até 2016.

O BTG já perdeu tempo no assunto fintech. Marcelo Kalim, Carlos Fonseca e Leandro Torres, todos egressos do BTG Pactual, investiram R$ 500 milhões em 2017 na criação do C6Bank, um novo banco digital ainda em fase de lançamento.

Kalim, o controlador do novo banco, era o segundo maior acionista do BTG, abaixo apenas de André Esteves.

O C6 tem mantido uma postura low profile, enquanto assegura as aprovações necessárias para lançar o que promete que vai ser uma nova grande fintech no mercado nacional.

A empresa já entrou no mercado de pagamentos, com a compra da NTK Solutions, um player de pequeno porte no mercado de máquinas de pagamento.

Com a compra, a NTK trocou de nome e agora se chama PayGo, informou a própria NTK em nota.

Vinícius Pessin, ex-diretor executivo para marketplace da B2W Digital, que ingressou na C6 em junho, foi colocado à frente da nova PayGo.