PORTAS

SAP faz aproximação com Google Cloud

29/07/2021 09:59

Google está em boa posição para entrar com força na base de clientes da SAP.

Alberto Oppenheimer, diretor de soluções e vendas para a América Latina do Google Cloud.

Tamanho da fonte: -A+A

SAP e Google anunciaram uma “ampliação da parceria” entre as empresas, visando facilitar a migração dos clientes da SAP para o Google Cloud, assim como o uso de tecnologias de inteligência artificial do Google.

Com o acordo, o Google Cloud se torna um “parceiro estratégico para nuvem” do programa RISE with SAP, uma iniciativa lançada recentemente pela gigante alemã visando acelerar a migração para o S/4, a última versão do seu sistema de gestão, de preferência em cloud.

SAP e Google Cloud já tinham um acordo de cooperação, assinado em 2017. O que mudou entre um e outro não são tanto os termos da parceria, que são vagos, mas todo o contexto da relação entre as duas empresas.

As duas companhias estão mais próximas que nunca. Para começar, o Google Cloud é presidido desde 2019 por Robert Enslin, um veterano com 30 anos de SAP, na qual ele era responsável justamente pelo negócio cloud.

Enslin está numa posição invejável quando o assunto é saber onde o sapato aperta quando o tema é migração de clientes SAP para a nuvem.

A isso se soma uma decisão mais recente do Google, que decidiu em maio trocar o seu software financeiro da Oracle pelo S/4 Hana da SAP, adotando por tabela outras soluções na nuvem como o software de gestão de viagens Concur e o Qualtrics, para controle de experiência dos funcionários.

O Google se tornou assim um dos maiores clientes da SAP, acumulando ainda mais experiência de primeira mão sobre como rodar os softwares da companhia na sua própria nuvem.

Do lado da SAP também aconteceram mudanças importantes no status quo. A principal foi o encerrarmento uma parceria comercial com a Microsoft iniciada em 2019, pela qual a SAP oferecia a Azure como opção preferencial para clientes interessados em rodar seus softwares de gestão na nuvem.

A ideia é justamente abrir espaço para migrações dos sistemas da SAP para qualquer uma das nuvens públicas, sem preferências. O Google Cloud foi a primeira delas a se mexer.

Tudo isso abre uma janela de oportunidade para o Google, que vem trabalhando forte nos últimos anos para recuperar o espaço perdido para a AWS, que lidera de longe o mercado de nuvem pública, e para a Azure, que vem num distante segundo lugar, e se tornar um fornecedor de peso no segmento corporativo.

“É uma chance muito grande para o Google, porque os sistemas da SAP são de missão crítica. Uma migração de ERP para a nuvem abre portas para se falar em modernização de aplicações e soluções avançadas de análise de dados”, afirma Alberto Oppenheimer, diretor de soluções e vendas para a América Latina do Google Cloud.

Oppenheimer cita como um exemplo latino americano o Mercado Livre, que roda seus sistemas da SAP na nuvem do Google, e é também cliente do Workspace, a suíte de comunicação da empresa (o ML é também um grande cliente da AWS).

No cargo desde janeiro, Oppenheimer é também um símbolo dos esforços do Google por crescer no corporativo - e da aproximação com a SAP. 

O executivo uruguaio vem justamente da SAP, onde trabalhou por 17 anos, passando por 11 cargos de diretoria ao longo do tempo, em nível brasileiro e latino americano, a maior parte deles na área de vendas.

Antes de ir para o Google Cloud, Oppenheimer liderava o programa de clientes estratégicos, visando gerar demanda através de uma equipe de 350 profissionais. 

“Tenho tido uma receptividade muito boa junto aos clientes”, afirma Oppenheimer. “O Google é hoje uma empresa que não fala só de tecnologia, mas que consegue colocar a sua capacidade de inovação para responder a uma série de problemas específicos de negócio”, resume o executivo.

Veja também

PLANTÃO
Globo vende data center no Rio

Comprador é a Elea Digital, que já tinha levado no ano passado os DCs da Oi.

FINTECHS
Paschoal, ex-PayPal, vai para o Google Pay

A executiva assumiu como managing director da plataforma no Brasil.

POR DENTRO
Google Cloud decola no Brasil

Operação de nuvem da gigante já tem cerca de 200 funcionários e um go to market.

SOJA
Granol migra para Azure com SOU.cloud

A janela de tempo disponível para a transição era de apenas um final de semana.

ERPs
Empresas da B3 usam B1 da SAP

Okser entrega projetos na Portal de Documentos e BLK. Nave mãe já usa o ECC.

NUVEM
Multilaser migra para AWS

Até 2022, a companhia pretende ter 100% das operações rodando em cloud.