APORTES

Antler chega ao Brasil

31/05/2022 10:35

Plano é captar um fundo de até US$ 50 milhões para investir na criação de startups.

Marcelo Ciampolini, general partner do Antler no Brasil. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Antler, fundo de US$ 500 milhões fundado pelo norueguês Magnus Grimeland em Cingapura, acaba de abrir seu primeiro escritório no Brasil para investir na criação de startups latino-americanas.

De acordo com o site NeoFeed, o endereço da operação brasileira fica em São Paulo e está sob comando de Marcelo Ciampolini, ex-head de crédito ao consumidor da SumUp e fundador da fintech Lendico.

No país, o plano é captar um novo fundo de até US$ 50 milhões (cerca de R$ 237 milhões) com investidores brasileiros e internacionais.

“Queremos investir em empreendedores que têm boa formação e trabalharam em uma big tech, no mercado financeiro ou em uma grande corporação e querem empreender, mas não sabem por onde começar. Eles não têm nem o PowerPoint e nós ajudamos a fazer o deck”, explicou Ciampolini à publicação.

O plano é atrair essas pessoas com potencial de se tornarem empreendedoras através de cursos de formação, avaliando os candidatos e ajudando eles a encontrarem cofundadores e desenvolverem ideias que possam se tornar startups.

Os selecionados ganham uma bolsa, cujo valor ainda não foi definido. Nos Estados Unidos, ela é de US$ 3 mil por mês. 

No final do curso, eles formam duplas com quem gostariam de fundar uma startup e apresentam a ideia da empresa, que passa por uma análise em um comitê de investimento. Os projetos aprovados ganham um investimento de US$ 150 mil.

O Antler fica com uma fatia de 10% da startup e coloca toda a equipe para ajudar a estruturar a nova empresa.

Depois, apresenta as startups escolhidas para fundos que investem em seed money para novas captações. Para evitar a diluição de sua participação, o Antler participa das rodadas subsequentes.

No Brasil, o primeiro curso vai acontecer em setembro e terá duração de quase três meses. Nessa primeira seleção, a meta é atrair 80 pessoas para gerar 40 ideias a serem apresentadas ao comitê de investimento.

O escritório brasileiro é o primeiro do Antler na América Latina. Criado em 2017, o fundo tem escritórios em 18 cidades diferentes da Ásia, Europa e América do Norte. Através dele, mais de 400 startups receberam investimentos de 12 fundos e estão avaliadas em US$ 1,8 bilhão.

Veja também

INOVAÇÃO
Sicredi busca soluções com 100 Open Startups

A cooperativa vai utilizar a plataforma para se conectar a empresas e capacitar colaboradores.

LAWTECH
Turivius recebe aporte de R$ 5 milhões

Rodada seed foi liderada pela ABseed Ventures com participação de outros três fundos.

EXPANSÃO
Sankhya abre unidade no Maranhão

Filial será comandada por Danilo Soares, até então diretor executivo em Belém.

EXPANSÃO
Odata inaugura data center no México

Investimento de mais de US$ 79 milhões é para atender clientes hyperscale.

CASH
Plugify capta R$ 120 milhões

Startup usa instrumento de crédito para financiar aluguel de computadores.

BI
Algar Telecom analisa dados com Tibco

A empresa resolveu centralizar o processo de analytics em uma única ferramenta.