André Apollaro, CEO da Payfy. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Payfy, fintech catarinense especializada em compras corporativas, levantou R$ 1,5 milhão em investimentos através da CapTable, plataforma especializada na captação de recursos para startups, com 326 investidores em apenas 32 horas.

Fundada em 2018 em Florianópolis, a Payfy foi criada por André Apollaro logo após o empreendedor se formar em engenharia mecânica pela Universidade do Estado de Santa Catarina. No início, o nome do negócio era KM Online.

Em 2019, a startup passou por uma validação de produto e, em seguida, por um processo de aceleração, sendo posteriormente investida por Neoway, Darwin Startups e XMS Partners.

Neste ano, aconteceu a tração do produto de reembolsos e o lançamento dos cartões corporativos. A empresa tem uma plataforma de Software as a Service (SaaS) que permite descentralizar o processo de compras corporativas.

Na prática, a organização cliente transfere dinheiro para a carteira digital da fintech, define regras de gastos, criando equipes e fluxos de aprovação, e dá cartões para os times utilizarem os recursos, gerando recibos.

O plano da startup é explorar o mercado nacional e oferecer soluções que as empresas administradoras de cartão tradicionais não disponibilizam.

Em 2021, a Payfy já registrou um crescimento de 163% e é avaliada em R$ 10 milhões. Entre seus clientes, estão LG, Multilaser, Havaianas, P&G, Unimed e SulAmérica. 

Com o novo aporte, a empresa pretende investir no desenvolvimento e aprimoramento de tecnologia para operação (33%) e marketing e vendas (67%).

“Levantar esse investimento via CapTable de forma tão rápida nos mostrou que os investidores acreditam no propósito da Payfy”, afirma André Apollaro, CEO da Payfy.

A projeção da fintech é que, no quarto trimestre de 2023, o número de clientes ultrapasse os 20 mil e o faturamento seja superior a R$ 7 milhões. 

Em operação desde 2019, a CapTable seleciona startups e possibilita que o investidor comum possa aportar nesses negócios. 

Através da plataforma, mais de 3,8 mil investidores já aportaram mais de R$ 30 mi em empresas como Alterbank, Livima, Play2Sell, Umbler, Hiperdados e Eirene Solutions.