TCHAU

CEO demite 900 pelo Zoom

08/12/2021 06:19

Numa tacada só e em cinco minutos, Better.com cortou 15% da equipe. Veja o vídeo.

Call com o CEO viralizou.

Tamanho da fonte: -A+A

O CEO da Better.com, uma fintech americana do setor de hipotecas, demitiu 900 funcionários, cerca de 15% da empresa, com uma só conferência pelo Zoom de cinco minutos.

“Se você está nessa call, você é parte do grupo desafortunado que vai ser demitido. Sua posição está encerrada, com efeito imediato”, resumiu o CEO Vish Garg. 

Um vídeo da call começou a circular nesta terça-feira, 7.

Garg disse que a decisão não foi fácil: “É o segundo corte desses que eu faço. Da outra vez, eu chorei. Espero ser mais forte dessa vez”, comentou o CEO.

Segundo relatos de funcionários no Twitter, os computadores dos funcionários demitidos foram bloqueados imediatamente e o departamento de recursos humanos entrou em campo.

Garg teria partido então para outra videoconferência, com os funcionários não demitidos, no qual teria reclamado da performance dos colegas que acabara de demitir.

Segundo a Fortune, Garg escreveu dias depois um post anônimo no blog da empresa, no qual teria acusado os empregados demitidos de “roubar” dos colegas e clientes por serem “improdutivos”.

A Forbes já havia relatado que numa ocasião Garg mandou um email interno, chamando parte da equipe de "constrangedora", "lenta demais" e "golfinhos burros".

A Better.com tem investimento do prestigiado fundo Softbank e um valor de mercado de US$ 6 bilhões. Recentemente, a empresa recebeu um aporte de US$ 750 milhões.

A Inc, revista dona dos conhecidos rankings Inc 500 e Inc 5000, nomeou a Better.com como um dos “Best Workplaces of 2020”. 

A Better.com tem 58 vagas abertas, para quem estiver interessado.

Veja também

LIGAÇÃO
Demissão por telefone gera multa

Caso se deu na Oi, que foi condenada a pagar R$ 10 mil de indenização.

SINAL DOS TEMPOS
Site de empregos lança solução de demissão

Trampos.co cria Offboarding Kit para as empresas fazerem “demissão responsável”.

RH
7 sinais de um pedido de demissão

Manter os talentos na empresa é uma necessidade premente.

FOGO
Hypeflame faz corte de equipe

Spin off de tecnologia do banco Agi fez 100 demissões, apontam fontes do Baguete.

PRÁTICAS
Google pede prova de oferta de trabalho

Funcionários agora precisam provar interesse de outras empresas ao pedir aumento.

TRABALHO
Google: cortes de até 25% do salário no home office

Nos Estados Unidos, Facebook e Twitter também fizeram reduções. Será que essa moda pega no Brasil?