INCIDENTE

Enel vaza dados de 300 mil clientes

10/11/2020 15:32

Número equivale a 4% dos clientes da companhia, todos do município de Osasco.

Sede da Enel Distribuição São Paulo. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Enel Distribuição São Paulo, concessionária de distribuição de energia elétrica, informou um “incidente local” envolvendo dados de cerca de 4% da base de clientes da companhia, o que significa cerca de 300 mil pessoas.

Todos os clientes afetados são do município de Osasco, localizado na Região Metropolitana da capital paulista.

Segundo o site Convergência Digital, os dados vazados seriam itens como CPF, e-mail, número da conta bancária, consumo de eletricidade, endereço, telefone fixo e telefone celular, entre outros.

Em nota publicada na última segunda-feira, 9, a companhia disse que desabilitou imediatamente o acesso ao banco de dados em questão e iniciou um processo de verificação interna, além de comunicar o fato às autoridades competentes. 

“Todas as medidas necessárias estão sendo adotadas para reforçar a segurança dos sistemas da companhia”, afirmou a Enel em nota. 

A empresa garantiu que todos os clientes afetados estão sendo notificados direta e individualmente por meio de e-mail ou carta, em conformidade com a legislação de proteção de dados.  

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) obriga a comunicação ao mercado, mas a companhia não poderá ser punida agora porque as sanções só valem a partir de agosto de 2021.

Ainda de acordo com o CD, o caso teria de ser reportado à Autoridade Nacional de Dados, que já tem o conselho diretor eleito, mas ainda não tem dinheiro, nem sabe onde vai funcionar.

A Enel é uma empresa italiana que assumiu as operações da Eletropaulo em 2018. Ela fechou o terceiro trimestre de 2020 com 7,4 milhões de clientes em 24 municípios da Grande São Paulo, com lucro de R$ 159,4 milhões no período.

Veja também

AMBIENTE
LGPD revoluciona cargos e prioridades nas empresas

Do DPO ao gestor de infraestrutura, todos são afetados pela nova lei de privacidade de dados.

PRIVACYTECH
Rede D’Or: projeto LGPD com Privacy Tools

Startup gaúcha é especializada em privacidade e segurança de dados.

LARGADA
LGPD começa a funcionar na prática

Ministério Público faz a primeira movimentação baseada na nova lei de proteção de dados.

NOVO NORMAL
JP Morgan: home office foi ruim

Vantagens de trabalhar em casa pareciam uma unanimidade até agora.

ANONYMOUS
Michelle Bolsonaro tem dados expostos no Twitter

Duas contas vazaram informações, incluindo cartões de crédito. Uma delas já foi suspensa.

DESORDEM
OAB expõe dados pessoais de advogados

Entre as informações possivelmente vazadas, estão CPF, RG, título eleitoral e endereço residencial.

SEGURANÇA
Hackers apagam multas no DF

Detran-DF foi invadido. O mesmo aconteceu no Detran-RS. Sistemas são um queijo suíço?

CAPTURE THE FLAG
PF encontra hackers de Bolsonaro e militares

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Rio Grande do Sul e no Ceará.

SEGURANÇA
Catho tem vazamento de dados

Informações de pelo menos 195 clientes foram roubadas, comunica a empresa.

SEGURANÇA
Honda e Natura reportam ataques cibernéticos

Com suspeita de ransomware, automotiva tem fábricas paradas em quatro países.