MAIS UMA

Accenture compra Real Protect

11/01/2021 10:51

Gigante mundial de consultoria segue comprando no Brasil, agora uma empresa de segurança.

Daniel Lemos, CEO da Real Protect.

Tamanho da fonte: -A+A

A Accenture comprou a Real Protect, uma companhia brasileira especializada em segurança, com destaque para os chamados serviços gerenciados de segurança (MSS, na sigla em inglês).

A Real Protect é sediada no Rio de Janeiro, tem 15 anos de atuação e 90 funcionários com perfis no Linkedin. A empresa é parceira da Trend Micro e Splunk, Fortinet e Palo Alto.

No campo de MSS, o destaque da Real Protect é o fato de ser a primeira na América Latina certificada pela MSPAlliance, uma entidade mundial fundada em 2000 com 30 mil associados, focada na área de MSS.

O selo MSPCV foi criado especificamente para o setor de serviços gerenciados e nuvem, o que o torna mais aderente do que alternativas como ITIL e Cobit, na visão dos seus defensores. A MPSAlliance não abre a lista de certificados no seu site.

A Real Protect tem dois centros de operação de segurança e clientes por todo Brasil. A nota da Accenture, assim como o site da Real Protect, não dá informações sobre quem são os clientes, o que é comum na área de MSS.

Com a compra, Daniel Lemos, CEO da Real Protect, vai liderar a área de Serviços Gerenciados de Segurança da Accenture na América Latina. No mundo, a Accenture tem 7 mil profissionais atuando com segurança.

“Juntos, nosso compromisso de fornecer soluções líderes no mercado de segurança cibernética nos posiciona de forma adequada para estimular a utilização desses serviços no Brasil e em toda a América Latina”, afirma Lemos.

Com a compra, a Accenture está de olho em um pedaço da torta do mercado de segurança do Brasil, que cresce um pouquinho a cada grande ataque hacker, um tipo de incidente que virou rotina em 2020.

"O Brasil tem grande variedade de grupos cibercriminosos com táticas específicas, uma ameaça cibernética que pode ser combatida com especialistas brasileiros de defesa cibernética e resposta a incidentes", ressalta Paulo Ossamu, líder da América Latina da Accenture Technology. 

A Accenture vem investindo no assunto em nível mundial, tendo comprado em janeiro de 2020 a divisão de serviços de segurança cibernética da Symantec, e outras duas empresas de menor porte nos meses seguintes.

A Accenture parece estar apostando no mercado brasileiro de tecnologia, de maneira geral.

Em agosto do ano passado, a empresa comprou a Organize, companhia brasileira que estava entre as maiores parceiras no país da ServiceNow, da multinacional americana de software de gerenciamento de serviços na nuvem.

Em novembro, foi a vez de uma contratação de destaque: Fernando Jorge Bittar, ex-chief marketing officer e diretor de alianças da Tivit, assumiu o cargo de diretor de vendas da Accenture do Brasil.

Veja também

COMPRAS
Tivit compra startup de segurança

Privally foi a primeira aquisição do Tivit Ventures. Outras 10 ainda devem vir em breve.

COMPLIANCE
Stara: reforço na segurança com Netfive

Empresa de implementos agrícolas contratou “CSO virtual” da Netfive.

CONVERSAS
Atos quer comprar DXC

Gigante francesa teria feito oferta de US$ 10,1 bilhões pela spin off da HPE.

SEGUROS
SulAmérica detecta fraudes com IA

Projeto entregue pela Accenture combina tecnologias como Python, R e H2O. 

ESTATAIS
Accenture fará plano para vender Serpro e Dataprev

Consultoria lidera time que faturou contrato de R$ 7,93 milhões pago pelo BNDES.

QUENTE
Agibank cria spin off de tecnologia

HypeFlame nasce com 400 profissionais e receita de R$ 200 milhões.

EXCLUSIVO
Bittar, ex-Tivit, está na Accenture

Executivo assume o cargo de diretor de vendas da gigante de consultoria.

INSIDE SALES
Accenture compra N3

Companhia adquirida é focada em outsourcing de vendas e tem clientes como a Microsoft.

CONTRATAÇÕES
Ex-Tecban é novo CIO da Avivatec

Com 26 anos de carreira, Geison Schlichting também atuou em empresas como Tivit e Dell.

CONTRATAÇÃO
Yaman tem novo head de cibersegurança

Alexandre Morelli vem da Everis, onde gerenciou a mesma área nos últimos 11 anos.

PRÊMIO
Brasileiros vencem concurso global de cibersegurança

Paulo e Pedro Fabri ganharam US$ 10 mil com jogo voltado à conscientização dos usuários.

CONTROLE
XMobots: segurança na TI com BluePex

Companhia brasileira de drones monitora rede e controla ativos com solução.