VIAS

Cosentino e Gon apoiam Tebet

13/06/2022 09:01

Fundadores da Totvs e da CI&T assinam manifesto defendendo voto na senadora do MDB.

Simone Tebet está no centro das atenções. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Tamanho da fonte: -A+A

Laercio Cosentino, presidente do conselho de administração da Totvs, e Cesar Gon, CEO da CI&T, assinaram um manifesto de apoio à candidatura da senadora Simone Tebet (MDB).

O nome de Tebet vem circulando nas últimas semanas como a candidatura da chamada “terceira via”, um movimento para oferecer uma alternativa à polarização da eleição entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A carta foi divulgada nesta sexta-feira, 10, contando com muitos pesos pesados da economia nacional: Walter Schalka (Suzano); Anton Passos (Natura); Horacio Lafer Piva (Klabin) e Antonio Carlos Pipponzi (Raia Drogasil)

Os signatários (atualmente já 3,2 mil) não estão identificados, então se o leitor reconhecer mais algum nome importante da área de TI, pode dar essa colaboração para a reportagem do Baguete.

É possível que surjam outros empreendedores da área de TI na lista, mas é difícil que tenham mais peso do que Cosentino e Gon. 

As empresas fundadas por ambos têm ações na bolsa de valores, empregam milhares de funcionários e faturaram juntas R$ 4,6 bilhões no ano passado.

É pouco comum o empresariado brasileiro se posicionar tão abertamente em relação a um candidato, e menos comum ainda no caso da área de tecnologia.

“É com entusiasmo que aqui declaramos apoio ao nome da senadora Simone Tebet para liderar essa caminhada”, aponta o texto. “Uma mulher com a capacidade gerencial indispensável para pacificar o País e, ao mesmo tempo, a coragem necessária para enfrentar os interesses contrários à modernização”, agrega.

A pergunta é se há tempo para uma terceira via, há quatro meses das eleições. Algumas das últimas pesquisas indicam a possibilidade de vitória de Lula ainda no primeiro turno.

Tebet, que na semana passada recebeu o apoio oficial do PSDB, aparece com 1%.

Veja também

SEGURANÇA
TSE amplia testes para eleições

Neste ano, 15 equipes de hackers poderão testar mais programas do sistema eleitoral.

CONFIRMA
Positivo fará urnas para eleições de 2022

Empresa venceu a licitação do Tribunal Superior Eleitoral com contrato de R$ 799 milhões.

ELEIÇÕES
Neto, do Sindpd, quer ser deputado

Sindicalista paulista quer emplacar uma carreira política no PDT.

DECOLAGEM
Pontes será candidato a deputado federal

Astronauta está de saída do Ministério de Ciência e Tecnologia.

COLORADO
Eleição digital do Inter sob suspeita

Laudo vazado aponta indícios de fraude no sistema de votação do clube gaúcho.

CONTATOS
O que aprendi com o fundador do Nubank

Em cinco minutos, David Velez me ensinou uma lição poderosa sobre negócios, cultura organizacional e diferenciais competitivos.