Amaury Gallisa.

Amaury Gallisa, ex-VP para vendas na América Latina da Micro Focus, acaba de assumir o cargo de vice-presidente e gerente geral da América Latina da MicroStrategy.

Gallisa estava na Micro Focus desde setembro do ano passado, vindo da HPE, onde era VP para a área de software na América Latina.

A HPE transferiu seus ativos da área de software para a Micro Focus, companhia na qual tem 50,1% de participação.

Mas a Micro Focus, uma companhia que começou com soluções para mainframes nos anos 70, não anda lá muito bem, tendo recentemente perdido seu CEO em meio a problemas para integrar uma série de tecnologias adquiridas ao longo de anos.

Gallisa deverá ter como missão sacudir a MicroStrategy, substituindo Flávio Bolieiro, que saiu da empresa há pouco mais de uma semana.

Bolieiro abriu as portas da MicroStrategy no Brasil ainda em 1999, sendo o country manager até dezembro de 2006. Em 2007, assumiu como VP para América Latina. 

Fundada em 1989, a MicroStrategy faz parte da primeira geração de empresas de Business Intelligence, junto com Business Objects e Cognos.

Mas, enquanto a Cognos e a Business Objects foram compradas por IBM e SAP, a MicroStrategy seguiu uma empresa independente.

O período de maior crescimento foi no começo dos anos 90. 

Em 2017, a receita foi de US$ 505 milhões, uma queda de 1,49%, mais uma em uma série de pequenos declínios desde 2015, quando a empresa caiu 8,62%. Nos últimos 15 trimestres, a empresa cresceu em três.

Gallisa é um executivo americano, mas com bastante experiência quando o assunto é América Latina. 

Além da HPE, passou também por cargos de VP para América Latina no negócio de software da Dell; de VP de canais mundiais da VMware e de VP para Americas da BEA Systems.