Davi Reis, CTO da Loggi. Foto: Divulgação.

A Loggi, startup que conecta entregadores e clientes, agora conta como Davi Reis como o novo CTO da empresa. A empresa fez o que se conhece no mercado como "acqui-hire", ou aquisição de talentos: comprou a WorldSense, startup liderada por Reis, com o objetivo de contratá-lo.

Especialista em algoritmos de busca e análise de texto, Reis foi parte do time inicial do Google no Brasil e liderou projetos nacionais, como a monetização do extinto Orkut, e mundiais, como o Google Pigeon, algoritmo responsável pela busca de localidades e pontos de interesse em todo mundo. 

O executivo é mestre em ciência da computação pela UFMG e foi co-fundador da WorldSense, startup de publicidade online.

Com o movimento, a Loggi passa a contar com novos profissionais de tecnologia e gestores da WorldSense nas áreas de produto, comercial e RH. 

Diego Nogueira assume o cargo de diretor de produto; Tiago Silveira será líder de engenharia e Luiz Oliveira, HRBP do time de produto.

Já Akio Nakamura e Pedro Calais se juntam ao time de engenheiros de software; Paula Ramos será executiva de vendas para contas chave; e, Adilson Braga e Ana Mayrink se juntam ao time de sucesso do cliente.

“Essa aquisição de talentos e a chegada do Davi Reis colocam o time da Loggi em um nível inédito de desenvolvimento no Brasil. Hoje, temos um dos melhores programadores do mundo como CTO da empresa e isso nos deixa próximos do objetivo de ser uma das melhores empresas de engenharia não só do país, mas globalmente”, afirma Arthur Debert, co-fundador da Loggi.

O novo time se junta aos mais de 500 colaboradores da Loggi.

“A Loggi está crescendo muito e seu modelo disruptivo de negócios se destaca no mercado. Para mim, é uma oportunidade excepcional fazer parte desse momento da empresa”, afirma Reis.

Atualmente, a Loggi realiza mais 3 milhões de entregas mensais para mais de 300 mil clientes em 33 municípios brasileiros. A empresa conta com mais de 10 mil motofretistas cadastrados.