BOLADA

Locaweb paga R$ 524,3 mi pela Bling

22/04/2021 12:32

Companhia gaúcha faz software de gestão na nuvem para pequenas e médias empresas.

Locaweb se tornou uma compradora em série. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Locaweb vai pagar R$ 524,3 milhões pela Bling, uma companhia de software de gestão na nuvem para pequenas e médias empresas sediada em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha.

É a maior compra já feita pela Locaweb, que vem fazendo aquisições em série. A Bling é a décima depois da empresa abrir capital na bolsa em fevereiro de 2020, captando R$ 2,75 bilhões, um valor que deve ir quase na íntegra para a compra.

Os sócios da empresa ainda podem receber uma quantia não revelada, a depender do alcance de determinadas metas financeiras apuradas com base na receita operacional líquida da companhia.

No comunicado para investidores relatando a aquisição, a Locaweb revela que nos últimos doze meses, a base de clientes pagantes da Bling cresceu 62% e que a receita anual recorrente da companhia foi de R$ 60 milhões no período, um salto de 79%.

A Bling tem 50 mil clientes, que transacionaram R$ 5 bilhões dentro do sistema só em março. A estimativa é possuir, até 2023, mais de 150 mil clientes ativos.

Fundada em 2009, a Bling atende micro e pequenas empresas de varejo multicanal, para os quais iniciou oferecendo uma solução para emitir nota fiscal, fazer controle de compras, vendas e estoque, por valores mensais entre R$ 50 a R$ 300. 

Com o tempo, a empresa foi agregando 200 integrações no e-commerce, oferecendo controle sobre itens como vendas, finanças, estoque, produtos, clientes, pedidos e comissões de vendas. 

Entre as plataformas de e-commerce e marketplaces do país integradas no ERP estão Loja Integrada, Vtex, Nuvem Shop e B2W. 

Para os próximos meses, a empresa programa adicionar mais serviços a esse pacote, como PIX, adquirência e antecipação de recebíveis, seguindo a linha de grandes players de ERP.

Muitos das empresas com a qual a Bling fez integrações são concorrentes da Locaweb, principalmente no segmento de plataformas de e-commerce, um fato que a compradora reconheceu indiretamente na sua nota.

“Além da possibilidade de oferecer a plataforma para os mais de 400 mil clientes da Locaweb, o Bling continuará trabalhando de forma agnóstica, com novas integrações e atendendo as demandas de todo o mercado”, informou a Locaweb.

Como em outras compras da Locaweb, Antônio Nodari, fundador da Bling, seguirá como CEO da operação, assim como o time da companhia será mantido.

Nodari foi professor na UCS, na vizinha Caxias do Sul, por 21 anos. O empresário tem um sócio, Sidney Zynger, que entrou na sociedade como investidor-anjo.

A empresa já havia recebido em 2017 um aporte de R $2,5 milhões do fundo Criatec 2, criado pelo BNDES e gerido pela Bozano Investimentos e Triaxis Capital. 

Em relatório, o BTG Pactual ressalta o fato de a aquisição ter sido a maior realizada pela companhia até o momento e observa que, com a Bling, a Locaweb incorpora “a última peça da mandala” ao seu ecossistema.

“Com a aquisição da Bling, a Locaweb entra no negócio de sistemas de gestão, tornando seu portfólio de serviços ainda mais robusto”, escreveram os analistas Carlos Sequeira e Osni Carfi.

Em 2020, a Locaweb teve um lucro ajustado de R$ 41,6 milhões, alta de 47,7% sobre 2019. A receita líquida apurada foi de R$ 488,2 milhões, um crescimento de 26,6% na mesma base de comparação. Neste ano, as ações da companhia, avaliada em R$ 16 bilhões, acumulam alta de 36,36%.

Veja também

NOMES
RD Station usa assinatura eletrônica da Unico

RH da startup digitalizou processos internos para os seus 650 funcionários.

MARKETING
Spin off da IBM tem nome de remédio

Unidade de gerenciamento de infraestrutura vai se chamar Kyndryl. Isso mesmo.

FECHOU
Totvs paga R$ 1,8 bi pela RD Station

Startup vinha sendo disputada com a Locaweb desde o começo do ano. É a maior compra da Totvs.

NA MOITA
Locaweb compra parceira da Shopify

Samurai é grande parceira da Shopify da América Latina. Locaweb foi discreta.

AQUISIÇÕES
Locaweb compra Credisfera e Dooca

Fintech e plataforma de e-commerce custaram R$ 53,1 milhões.

PDV
Locaweb compra ConnectPlug

Esta é a primeira aquisição da companhia em 2021 e a sexta desde o IPO, em fevereiro do ano passado.

BOLSA
Neogrid levanta R$ 486,5 milhões

Maior parte do dinheiro captado no IPO deve ser usado em fusões e aquisições.

E-COMMERCE
Locaweb compra Ideris por R$ 18,3 milhões

É a quarta compra da Locaweb desde o IPO da empresa em fevereiro.

PAGAMENTOS
Locaweb compra Vindi por R$ 180 milhões

Esta é a terceira e maior aquisição da companhia desde o seu IPO, em fevereiro.

RUMOS
AWS, pronta para aceitar o multicloud?

Líder de mercado muda de postura e vai facilitar o uso de outras nuvens em conjunto com a sua.

BOLA DENTRO
Penalty: e-commerce em casa com VTEX

Marca trocou de plataforma e estratégia de gestão operacional, que antes era da FutFanatics.

TENDÊNCIA
B3 vai virar a Nasdaq?

Uma fila de startups se prepara para fazer IPOs na bolsa brasileira.

AI
Inter: prevenção de fraudes com IBM

Companhia vai integrar a solução IBM Safer Payments à sua plataforma de pagamentos.

NUVEM
Claranet anuncia aquisição da Mandic

A Riverwood Capital, principal investidora da comprada, terá uma participação na compradora.

SENHA
SAP passa adiante vertical de bancos

Investidores vão aplicar € 500 milhões no negócio, SAP fica com 20% pela tecnologia.

BANCOS 2.0
BTG+ roda todo na nuvem da AWS

Novo BTG+ espera atingir 4,5 milhões de correntistas em três anos.

SONS
Microsoft compra Nuance por US$ 19,7 bi

Empresa de tecnologia de voz para texto tem presença discreta no Brasil.