Kaizen trocou de fornecedor de nuvem. Foto: Pexels.

A Kaizen, dona de uma plataforma de softwares de gestão de qualidade, segurança e auditorias de processos, migrou suas soluções para a nuvem para a IBM, em um projeto com consultoria da Digisystem.

O projeto foi realizado em menos de um mês e finalizado em julho.

A Digisystem não chega a abrir em nota quem era o provedor de nuvem anterior, apenas que ele tinha “latência para acesso no Brasil” e funcionava de maneira que “todos os serviços concorriam no processamento do banco de dados e aplicações”.

Em nota, a empresa aponta que custo foi um grande diferencial, uma vez que, com pagamento em reais, elimina-se a necessidade de recolhimento dos impostos de importação de serviços e variação cambial no valor mensal.

“Um dos maiores benefícios da nova hospedagem foi a ausência de conflitos entre o nosso ambiente legado e o da nuvem IBM, uma vez que, ao fim da migração, o novo ambiente contava com diversas melhorias como a adição de sistemas de suporte remoto e conexão de redes totalmente sinérgicas à arquitetura anterior”, afirma Márcio Barbosa, gerente de operações sênior da Kaizen.

A Kaizen tem um time de 12 funcionários, mas entrega projetos em clientes de grande porte como Sorocaba Refrescos (Coca Cola), Aperam, SKF e Peles Pampas, que juntas realizaram mais de 6 mil procedimentos em 2019 na plataforma da empresa.

A Digisystem é uma integradora de TI atuante em todo Brasil com 1 mil funcionários da própria empresa e 3 mil usuários em clientes. A empresa trabalha com tecnologias da UiPath, Philips, Microsoft, Oracle, WMWare, Symantec, Veritas e CommVault.