TCHAU

Google: fim do coworking grátis em São Paulo

24/05/2022 09:52

Espaço é agora só para eventos ou startups selecionadas em programas.

O fim de uma era no Google Campus São Paulo. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Google acaba de reabrir o Google for Startups Campus em São Paulo, fechado desde março de 2020 por causa da pandemia, com uma mudança importante: acabou o espaço de coworking grátis para todo mundo.

Ao todo, o Google tinha 150 mil pessoas cadastradas como membros para ter acesso ao local, uma cifra que provavelmente inclui muitas pessoas que só foram uma vez para ver como era.

O Google Campus São Paulo fica num prédio de sete andares com capacidade para cerca de 600 pessoas nas proximidades da Avenida Paulista, uma região lotada de espaços de coworking tradicionais.

Segundo um e-mail com alguns rodeios divulgado pelo Google aos cadastrados no local, os espaços de trabalho agora estão disponíveis apenas para startups que estão participando de programas vigentes e também as startups que foram e ainda serão selecionadas para o Black Founders Fund.

Integrantes das mais de 300 startups que já passaram por programas de longa duração terão acesso ao prédio seguindo regras de ocupação, agrega o Google.

O público em geral, que antes podia usar o local como uma espécie de coworking gratuito com o glamour do Google, agora só poderão entrar no local para participar em eventos, por meio de inscrição prévia.

“O cenário atual é bem diferente de quando o Campus abriu, lá em 2016. Mantendo o propósito de colaborar com o ecossistema do país, o Google for Startups estará cada vez mais focado em oferecer programas e mentorias que atendam as necessidades de startups em estágios mais avançados de desenvolvimento”, justifica o Google no seu comunicado.

O Google tem outros centros do tipo em cidades como Madri, Seul, Tel Aviv, Tóquio, Varsóvia. Em alguns locais, a empresa já decidiu encerrar o serviço, como por exemplo em Londres, onde a operação foi fechada em 2021, depois de nove anos.

Veja também

ERP
DPSP migra SAP para a AWS

Grande grupo do setor de farmácias aposta em computação na nuvem.

MULTICLOUD
B3: nuvem com Oracle e Microsoft

Bolsa de valores brasileira anunciou projeto de migração de 10 anos.

ENTREGAS
Paraisópolis tem CEP digital

Projeto do Google e da Americanas leva acesso ao e-commerce para moradores.

CONTRATAÇÃO
QuintoAndar contrata ex-Google como CPO

Após corte de funcionários, startup muda líder do time de produto.

CARREIRA
Google lança três cursos na Coursera

Capacitações são voltadas para análise de dados, gestão de projetos e UX design.

FATIAS
AWS, Microsoft e Google aumentam concentração

Três grandes players já são 65% do mercado mundial de computação em nuvem.