Marcos Florão.

A Flex, companhia catarinense que está entre os 10 maiores call centers do país, fechou um acordo com a Softplan para oferecer serviços baseados na solução Convex Legal Analytics.

De acordo com a Softplan, a plataforma reúne tecnologias como inteligência artificial, big data analytics, análise prescritiva e preditiva, permitindo construir previsões sobre os processos em andamento, o que é conhecido no jargão como jurimetria.

A ideia é que a Flex ofereça o back-office da operação do software para os escritórios para atividades não jurídicas.

“Nossa ideia é consolidar um grande hub de serviços de inovação no segmento jurídico, em parceria com a Softplan”, observa Kleber Bonadia, diretor de Tecnologia e Inovação da Flex.

O primeiro cliente é o Vilela & Ibañez, tradicional escritório de advogados baseado em Porto Alegre.

A Softplan não abre qual é exatamente a composição da plataforma em termos de software.

"A solução reúne tecnologias e análises que permitem identificar a probabilidade do ganho de ações e maximizar as taxas de sucesso, além de controlar e comparar indicadores da área jurídica", explica Marcos Florão, diretor de Inovação da Softplan.

O produto foi desenvolvido ao longo do último ano na empresa catarinense, que tem entre seus focos o desenvolvimento de soluções para Tribunais de Justiça e tem no seu portfólio um software em nuvem voltado para a gestão de escritórios de advocacia.

Fundada em 2009 em Florianópolis, a Flex trabalha com crédito e cobrança, passando pelo SAC e backoffice.  

A empresa emprega mais de 13 mil profissionais em 15 unidades espalhadas por Santa Catarina e São Paulo.