HAMBURGUER

McDonald's compra startup de Big Data

26/03/2019 12:40

Fast food aposta cada vez mais em tecnologia.

Fast food está na linha de frente do uso de tecnologia. Foto: flickr.com/photos/jjbers/

Tamanho da fonte: -A+A

O McDonald's pagou US$ 300 milhões pela Dynamic Yield, uma empresa israelense que usa algoritmos e inteligência artificial para analisar vendas.

A Dynamic Yield já tem 300 clientes, incluindo nomes como Ikea, Sephora, Urban Outfitters, entre outros.

A tecnologia começou a ser testada em Miami e nos próximos três meses deve chegar a 1 mil dos 14 mil restaurantes nos Estados Unidos. 

O sistema pode alterar as ofertas disponíveis nos totens digitais por meio dos quais os clientes da rede de fast food fazem os pedidos em diversos países. No Brasil, a novidade ainda está em fase de testes.

O menu apresentado nas telas pode mudar com base em informações como horário e dia da semana, clima, volume de tráfego e popularidade dos produtos. 

A decisão do McDonald's de comprar uma companhia do ramo de big data em vez de contratar um fornecedor chama atenção. É a primeira compra em duas décadas.

Por outro lado, as redes de fast food estão em um processo de digitalização, investindo em apps pelo meio dos quais os usuários podem fazer seus pedidos, o que corta custos por um lado e gera montanhas de informação potencialmente útil por outro. 

Em um ramo com margens de lucro baixas, dominar essa tecnologia dentro de casa pode ser a chave do sucesso.

Veja também

INFRA
Habib’s: novo storage com Dell EMC

A solução possui 246 terabytes de capacidade híbrida SSD/HHD.

ALIMENTAÇÃO
Bob’s: Linx para autoatendimento

Os totens reduziram o tempo médio de atendimento dos clientes em 10%.

AQUISIÇÃO
Capgemini compra RDI do McDonald’s

O Cade aprovou a aquisição da RDI Brasil, do grupo McDonald's, pela Capgemini.

COMPETIDOR
SlicingDice, o banco de dados brasileiro

Startup esteve no SXSW 2019 com tecnologia que visa desafiar gigantes do setor de dados.

CRESCIMENTO
Neurotech tem receita de R$ 38 milhões em 2018

A expectativa é encerrar 2019 com um faturamento superior a R$ 50 milhões.

REFORÇO
Linx chama ex-Vtex para liderar e-commerce

Alessandro Gil passou também por Rakuten e Ikeda.

FUTURO
Neoway adquire Sevennova e planeja IPO

O negócio foi fechado em US$ 15 milhões.

RESULTADO
Involves fatura R$ 27 milhões em 2018

 Para 2019, a empresa prevê um crescimento de 48%.

REFORÇO
Nivio Ziviani, criador da Akwan, está na Petrobras

Governo colocou fundador de startups de sucesso no conselho da petroleira.

EM ALTA
Semantix dobra para R$ 60 milhões

Empresa é a principal parceira na América Latina da Cloudera.