Laudi Bottega e Fernando Batistella, heads de Pesquisa e Inovação da SISPRO.

A SISPRO, através do seu time de P&D, investiu pesado na pesquisa e implantação de uma tecnologia de desenvolvimento ágil e moderna, possibilitando obter alta produtividade no desenvolvimento do seu ERP. 

O objetivo é ofertar ao mercado uma geração inovadora de produtos totalmente cloud e com múltiplas funcionalidades que agregam valor à gestão das empresas. 

A ferramenta adotada foi OutSystems, uma plataforma low-code que baseia-se no desenvolvimento ágil, e, segundo o Gartner, está posicionada entre as principais plataformas de desenvolvimento de aplicações WEB/SaaS e de Apps do mundo. 

Mas afinal, o que é low–code?

Uma plataforma low-code é uma ferramenta de desenvolvimento com baixa programação que permite a criação de sistemas e aplicativos com componentes pré-codificados. 

Low-code não significa reduzir o valor dos desenvolvedores, ou acabar com os códigos de programação. 

Vamos pensar na inteligência artificial: ela automatiza processos padrões e repetitivos, mas ainda requer pessoas com habilidade e conhecimento para focar no que realmente importa, a estratégia. 

O mesmo acontece com o low-code: ele permite que as equipes de desenvolvedores produzam valor mais rapidamente, proporcionando aos times focarem a sua inteligência na criação e manutenção de aplicações de alta qualidade. 

Low-code é considerada a 4ª geração de programação e vem sendo uma tendência de mercado. Segundo uma pesquisa realizada pelo Gartner, até 2020 ao menos 50% dos sistemas e aplicativos corporativos serão criados com ferramentas de desenvolvimento ágil. 

O que foi feito na SISPRO

A SISPRO é uma ISV (Independent Software Vendor) que iniciou a utilização da plataforma low-code no desenvolvimento dos seus produtos a partir de 2014. 

Através do seu time de P&D, a SISPRO potencializa seus processos e sua tecnologia por meio do uso de ferramentas e metodologias ágeis. Partindo da premissa da necessidade da utilização de uma tecnologia moderna e produtiva, vários estudos foram realizados. Diante das opções de plataforma low-code, a Outsystems foi escolhida. Com a adoção dessa ferramenta, foi possível acelerar muito a evolução tecnológica dos produtos.

Laudi Bottega, head de P&D da SISPRO afirma: “em um curto espaço de tempo, através da construção de um framework robusto e altamente produtivo, foi possível desenvolver a nossa nova geração de produtos que está totalmente conectada com as tendências atuais de mercado, totalmente WEB e com diversos aplicativos que facilitam o dia a dia dos usuários”.  

Além da adoção de low-code, a SISPRO também acredita que a INOVAÇÃO deve estar inserida não somente nos produtos, mas em todas as áreas da empresa.

A partir da criação do seu Núcleo de Inovação, o SIS.HUB, a SISPRO tem estimulado diversas iniciativas para conectar e acelerar ideias através de experiências inovadoras.

“Além de utilizar ferramentas modernas de desenvolvimento, é necessário oferecer aos usuários uma experiência agradável e intuitiva. Por isso, o SIS.HUB utiliza diversas metodologias que estimulam a cocriação de ideias inovadoras que serão utilizadas nos produtos SISPRO. A inovação aberta é a principal forma de potencializar o processo criativo”, conclui Fernando Batistella, head do SIS.HUB.